Inglaterra

‘Amor indescritível’: Chelsea oficializa saída de Thiago Silva

Após quatro temporadas, títulos de Champions League e Mundial de Clubes, Thiago Silva se despede do Chelsea e faz juras de amor ao clube londrino

Na manhã desta segunda-feira (29), Thiago Silva confirmou aquilo que todos já esperavam. Por meio de um vídeo emocionante, divulgado pelo Chelsea, o zagueiro brasileiro anunciou sua saída do time londrino ao final da atual temporada, quando chega ao fim o seu contrato. Com a voz embargada, o defensor de 39 anos agradeceu ao clube e aos torcedores pelos momentos vividos nas últimas quatro temporadas.

Durante o vídeo, Thiago Silva reiterou que a despedida não se trata de um “adeus” ao Chelsea. O camisa 6, que nunca escondeu seu amor pelo clube, deseja retornar aos Blues em um futuro próximo, como dirigente ou exercendo alguma outra função.

O contrato de Thiago Silva com o Chelsea vai até o fim de junho deste ano. Em comum acordo, as partes decidiram não prorrogar o vínculo. Desse modo, o experiente zagueiro fica livre no mercado após quatro temporadas defendendo o clube. Revelado pelo Fluminense, ele está na mira do ex-time há alguns anos, e é possível que acerte seu retorno ao Rio de Janeiro nas próximas semanas.

Confira a mensagem de despedida de Thiago Silva na íntegra

“O Chelsea para mim significa muita coisa. Cheguei aqui para ficar um ano só, mas acabei fazendo quatro anos. Basicamente, não sói para mim, mas para toda minha família, meus filhos jogam no Chelsea, é um motivo de grande orgulho fazer parte dessa família.

Literalmente, porque meus filhos estão aqui. Espero que eles possam dar sequência nessa carreira, nesse clube vitorioso que muitas pessoas querem jogar. Tudo que eu fiz ao longo desses quatro anos…pude me dedicar ao máximo. Infelizmente, tudo tem um início, um meio e o fim.

Não que esse seja o fim definitivo, espero que possa deixar as portas abertas e voltar num futuro próximo e exercer uma outra função aqui dentro. É uma paixão sem explicação.

Tenho só que agradecer. Obviamente, quando comecei, tinha pandemia, não tinha torcedor no estádio, mas nas redes sociais era sempre uma coisa bem especial. Mas, quando os torcedores foram voltando, a vida foi voltando, e eu senti de uma forma muito carinhosa, respeitosa, pelo meu início aqui.

Em uma situação normal já é difícil, ter uma despedida, ainda mais quando existe um amor recíproco, isso fica ainda mais difícil. Uma vez blue, sempre blue. Pela forma com a qual cheguei, com aval do clube, cheguei como um líder do time, mesmo sem me sentir, você chega em um ambiente novo, é sempre difícil entrar e se sentir à vontade.

Mas, pouco a pouco fui me encontrando, o Lampard teve uma grande parte nisso, fica aqui meu agradecimento a ele.

Um sonho, com certeza um sonho. Nem nos meus melhores sonhos eu imaginaria que eu pudesse conseguir grandes coisas e um dos meus maiores títulos profissionais que foi a Champions e o Mundial de Clubes. Despedidas são para aqueles que vão e não voltam. E eu pretendo voltar um dia.”

Trajetória de Thiago Silva no Chelsea

Início avassalador

  • O Chelsea anunciou a contratação de Thiago Silva no dia 28 de agosto de 2020. O zagueiro chegou ao clube londrino de graça, após o término de seu contrato com o Paris Saint-Germain;
  • Thiago assinou por uma temporada, com opção de renovação por mais um ano. O defensor estreou no dia 23 de setembro, em uma goleada do Chelsea por 6 a 0 sobre o Barnsley, em Stamford Bridge;
  • Thiago Silva teve um ano vitorioso em 2021, e rapidamente caiu nas graças dos torcedores do Chelsea. O brasileiro ajudou o clube a conquistar os títulos da Champions League e Supercopa da Uefa.
  • Em virtude do excelente desempenho de Thiago dentro de campo, a diretoria dos Blues decidiu renovar o contrato do zagueiro até o final da temporada 2021/22.

Título Mundial

  • Após vencer a Champions e a Supercopa, o Chelsea de Thiago Silva faturou o Mundial de Clubes, em fevereiro de 2022. Na final, os Blues derrotaram o Palmeiras por 2 a 1;
  • Durante o tempo normal, Thiago Silva cometeu o pênalti que originou o gol de empate da equipe alviverde, marcado por Raphael Veiga. Apesar disso, o defensor foi escolhido como o melhor jogador da competição;

Fracassos em solo inglês

  • Se por um lado, Thiago Silva foi peça chave nas campanhas vitoriosas do Chelsea, em contrapartida, o clube londrino acumulou frustrações nacionais durante a passagem do zagueiro brasileiro;
  • Em suas quatro temporadas com os Blues, Thiago chegou à duas finais de Copa da Liga Inglesa (Carabao Cup). Em ambas as oportunidades (2021/22 e 2023/2024), enfrentou o Liverpool de Jürgen Klopp e saiu derrotado;
  • Na Copa da Inglaterra (FA Cup), o Chelsea de Thiago Silva também alcançou duas finais nos últimos quatro anos. E assim como na Copa da Liga Inglesa, acumulou dois vice-campeonatos. Em 2020/21, os Blues acabaram derrotados pelo Leicester. Já em 2021/22, o time londrino sucumbiu novamente diante Liverpool, nos pênaltis;
  • A melhor colocação do Chelsea na Premier League desde a chegada de Thiago Silva foi um 3º lugar, conquistado em 2021/22. Na temporada seguinte (2022/21), tida por muitos como a pior da história do clube, os Blues amargaram o 12º lugar.

Números de Thiago Silva no Chelsea

  • 151 jogos
  • 9 gols
  • 3 assistências
  • 3 títulos (Champions League 2021/21, Supercopa da Uefa 2021 e Mundial de Clubes 2021)

Lesionado, Thiago Silva pode não entrar mais em campo na temporada

No último sábado (27), durante o empate entre Aston Villa x Chelsea, Thiago Silva sentiu a virilha e deixou o gramado pouco antes do término da partida. Em entrevista concedida após o duelo, Maurício Pochettino, técnico dos Blues, disse que o zagueiro ainda passará por uma avaliação. O clube londrino só tem mais cinco jogos na temporada, todos pela Premier League, o que pode fazer com que o brasileiro nem entre mais em campo pela equipe.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo