Holanda

Marc Overmars é suspenso por um ano do futebol na Holanda por mensagens inapropriadas a colegas mulheres

Overmars foi suspenso de exercer qualquer atividade relacionada ao futebol na Holanda após enviar fotos e vídeos de cunho sexual enquanto dirigente do Ajax

Na última quinta-feira (16), Marc Overmars foi suspenso por um ano do futebol na Holanda por mensagens inapropriadas a colegas mulheres enquanto estava no cargo de diretor esportivo do Ajax. O ex-jogador renunciou ao cargo em fevereiro de 2022, após enviar vídeos e fotos de cunho sexual.

À época, ele admitiu ter mandado uma “série de mensagens inadequadas” para funcionárias do clube neerlandês, alegando estar “envergonhado” por seu comportamento. O Ajax declarou que as mensagens duraram “por um longo período de tempo”.

Vale ressaltar que, em março de 2022, apenas um mês depois de sua saída conturbada da Eredivise, Overmars foi anunciado como diretor técnico do clube belga Royal Antwerp. Em meio a esse cenário, o Tribunal Desportivo da Holanda definiu a proibição do ex-jogador de “exercer qualquer função” em qualquer organização filiada à Federação Holandesa de Futebol por dois anos, um deles em suspensão.

O tribunal afirmou que, “Ao examinar qual sanção seria apropriada, a comissão disciplinar levou em consideração o fato de que o caso foi amplamente midiatizado e prejudicou o arguido”. Contudo, o “comportamento inadequado” de Marc Overmars se estendeu por mais tempo e que vários casos foram identificados.

Segundo o The Atletic, a proibição não afeta seu trabalho na Bélgica, mas o Tribunal Desportiva da Holanda disse que a suspensão poderia ser submetida à FIFA para revisão. Fato é que os episódios de assédio sexual no Ajax tiveram consequências para o ex-jogador.

Marc Overmars, de ídolo à decepção no Ajax

Nos tempos de jogador, Overmars entrou para a história do Ajax ao ser campeão da Champions League na temporada 1994/95. Além disso, foi tricampeão da Eredivisie. Após se destacar em seu país, ele se transferiu para a Inglaterra, onde foi campeão da Premier League com o Arsenal em 1998.

Na sequência, Marc Overmars chegou a atuar pelo Barcelona por empréstimo. Já defendendo as cores de sua seleção, disputou as Copas do Mundo de 1994 e 1998, ano que a Oranje terminou em 4º lugar. Após pendurar as chuteiras, o ex-atleta neerlandês voltou para o time que conquistou as maiores glórias.

Em 2012, Overmars assumiu o cargo de diretor técnico do Ajax, sendo peça fundamental nas conquistas recentes. Na temporada 2017/18, o time de Amsterdã chegou à final da Europa League, mas acabou perdendo o título para o Manchester United. No ano seguinte, outro feito impactante.

Em 2018/19, o Ajax foi semifinalista da Champions League, quando foi eliminado para o Tottenham. Só que o time de Amsterdã não chegava nessa fase do torneio mais importante do futebol europeu desde 1996/97, na época que era considerado uma das melhores equipes do continente.

Só que as glórias de Marc Overmars como jogador e dirigente foram manchadas pelos episódios de assédio sexual a funcionárias do Ajax. Em dezembro de 2022, ele sofreu um grave acidente vascular cerebral (AVC), chegando inclusive a ter uma parada cardíaca durante o episódio.

Aos 50 anos, Overmars já voltou a trabalhar no Royal Antwerp, que venceu a Copa da Bélgica na última temporada. Punido pelo tribunal neerlandês, o ex-jogador está proibido de trabalhar com o futebol em seu próprio país por um ano.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus CristianiniRedator

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo