Games

SEMANA ULTIMATE: Série A chega como última grande liga do TOTS

Time tem maioria do campeão Milan, mas Internazionale e Juventus vêm logo atrás

A Temporada de TOTS ainda não terminou, mas caminha para o final. Com a inserção das cartas especiais da última das principais ligas, a Série A, o evento terá na próxima semana a reunião das principais cartas de destaque no TOTS Ultimate e então terminará. Nesta Semana Ultimate, destacamos Rafael Leão, que lidera o time com uma versão TOTS de overall 97. Tamanha qualidade, a cartinha do jovem do Milan custa mais de quatro milhões de moedas no Mercado de Transferências.

O brabo da liga italiana chegou! Custando mais de quatro milhões de coins, Rafael Leão recebe sua melhor versão da história do Ultimate Team. Ele pode atuar em todas as posições do ataque e até como armador, mas preferencialmente deve jogar como centroavante – por seu porte físico e baixa resistência para fazer o lado de campo. Com o entrosamento “Finalizador”, ele entrega pontuação máxima em velocidade, finalização e agilidade, tendo tudo que um atacante precisa. Como tem a nacionalidade portuguesa, torna-se meta não só em times da Série A, mas também em híbridos com jogadores como Bernardo Silva, João Cancelo e Bruno Fernandes.

Extinto no mercado, Paulo Dybala recebe uma belíssima versão TOTS de overall 96. O argentino pode atuar como armador, ponta ou segundo atacante, mas é preferível colocá-lo próximo à entrada da área para que ele finalize com finesse shot. Com boa mobilidade e drible curto, Dybala é um veneno de carta e pode apenas ter como ponto de atenção a agressividade baixa. O fato dele não estar disponível no mercado já diz muito: quem tirou não quis vender e está utilizando esta ótima carta. A melhor opção de entrosamento para ele é o “Falcão”.

Dybala, da Juventus (Foto: FILIPPO MONTEFORTE/AFP via Getty Images/One Football)

Theo Hernández é meta no jogo há várias temporadas e não poderia ficar de fora dos TOTS da liga – ainda mais com o título do MIlan. Nesta carta de overall 95, o francês não só teve os stats aumentados, ele também teve melhora no uso da perna ruim e nos movimentos de drible. Este fator torna Theo um jogador que pode atuar em todas as posições do campo, mas idealmente como lateral esquerdo, zagueiro ou volante. Como tem nacionalidade francesa, ele torna-se meta em todos os times, independentemente da liga base. O melhor entrosamento para ele é o “Espinha Dorsal”.

Com preço bem mais acessível, três cartas podem construir uma base de time para a liga italiana mais básica e merecem destaque. Kalidou Koulibaly é opção para a zaga, com muita velocidade, imposição física e noção defensiva impecável. Para o meio, Sandro Tonali faz um primeiro volante de qualidade e é uma carta muito equilibrada, com nenhum defeito que possa gerar preocupação. Para o comando de ataque, Ciro Immobile é um jogador de último terço que recebeu melhoria do drible e a ambidestria nesta versão TOTS. A única questão é se adaptar à mobilidade mais reduzida e ao jogo de costas, porque, se resto, ele reúne tudo que um atacante precisa no FUT.

Jogador Flashback Disponível por DME: Franck Kessié

Chegando por Desafio de Montagem de Elenco, Franck Kessié conquistou o título com o Milan mas não teve uma versão TOTS. Esta versão Flashback de overall 93, relembra sua inclusão na Seleção do ano passado da Série A. O marfinense é uma pedida obrigatória para aqueles que utilizam a liga italiana como base do time. Dinâmica de jogo alta para defesa e para o ataque, muito forte fisicamente e técnico para ditar o ritmo na meiuca, Kessié é uma carta sem defeitos. Se for utilizá-lo como segundo volante, utilize o “Caçador” como entrosamento. Se for de primeiro, vale mais o “Sombra”. Custando em torno de 250 mil moedas, é uma carta que vale o investimento se conseguir encaixar no time titular.

Jogador TOTS Disponível por Objetivos: Lautaro Martínez

Brigando pelo título até a última rodada com a Internazionale, Lautaro Martínez teve sua trajetória reconhecida em uma boa carta TOTS que chega de maneira gratuita por objetivos. Nesta carta de overall 92, o argentino tem sua melhor versão no ano e é um daqueles atacantes letais. Lautaro é ágil, tem ótima finalização e não deixa a desejar no físico, apesar da baixa estatura para a posição. O único ponto de atenção da carta é o passe mais longo, mas que não prejudica jogando curto. Vale demais fazer para o mesmo, mesmo que seja para utilizar no segundo tempo. O melhor entrosamento para a carta é o “Falcão”, deixando ele como 99 de finalização e velocidade.

Foto de João Belline

João Belline

Jornalista de formação, louco dos esportes por opção. Depois de muito escalar Cartola, jogar Winning Eleven, escrever escalação dos sonhos no caderno e topar o dedão na rua, falar sobre futebol virou uma necessidade. É mais um leitor que buscou espaço no time da Trivela e entende que futebol está acima do clube.
Botão Voltar ao topo