Games

SEMANA ULTIMATE: Histórias e Ídolos da Copa do Mundo agitam o Ultimate Team rumo às finais

Richarlison e Van Dijk estão entre os destaques do time de protagonistas da Copa de 2022, enquanto Eto'o e Roberto Carlos despontam entre as lendas disponíveis

A EA Sports continua injetando diversas cartas especiais durante o período de Copa do Mundo e liberou dois times de versões especiais. O primeiro deles é o “Histórias da Copa do Mundo”, referente aos jogadores que estão se destacando nesta edição da competição, e o segundo time de “Ídolos da Copa do Mundo”, trazendo versões de jogadores do passado que se destacaram em seu tempo.

Virgil Van Dijk tem sido um dos destaques da Holanda na Copa do Mundo e também nesta temporada do FUT. Apesar do nerf na corrida Prolongada, ele ainda imprime ótima velocidade e ótima noção defensiva. Nesta versão 92, o holandês é ainda mais dominante nos embates defensivos e nas coberturas. Com a melhoria, ele passa a ser também peça fundamental da construção de jogo nesta altura da temporada e começa a flertar com o endgame. O ponto de atenção da carta é a baixa aceleração, mas que é compensada pela velocidade máxima. O melhor entrosamento para ele é o “Sombra”.

Marcus Rashford é um daqueles jogadores bugados que a cada nova versão atraem a atenção da comunidade. Nesta carta de overall 88, o inglês passa a ter quatro pontos no uso da perna ruim – o que o credencia para jogar mais centralizado, como segundo atacante e centroavante. Idealmente, ele atua como ponta esquerda e pode fazer um movimento de arrasto muito perigoso. O ponto de atenção é a resistência, que para a ponta pode complicar, mas suporta seu jogo centralizado. O entrosamento ideal para ele é o “Finalizador”. 

Um dos jogadores mais sólidos da Seleção de Tite, Richarlison recebe uma ótima versão especial de classificação 88. O Pombo é um tanque, mas que não abre mão de uma agilidade considerável. Como apresentar ambidestra, passa a ser um veneno dentro da área e também pode atuar flutuando pelo último terço. A melhor opção de entrosamento para ele é o “Caçador”.  Outro brasileiro que também está presente no time é Daniel Alves, também na versão 88. Ele é um senhor lateral direito e também pode ser utilizado como primeiro ou segundo volante. O entrosamento ideal para ele é o “Sombra”.

Destaque na primeira vitória de Portugal, Bruno Fernandes garantiu uma carta de overall 90 e voltou aos holofotes como boa opção para segundo volante. O português é muito ágil, tem passe qualificado e intensidade para atuar de área a área. Além disso, Bruno finaliza muito bem de fora da área – inclusive com a especialidade de chute de trivela. O ponto de atenção é o físico mirrado, que pode deixar a desejar em embates com jogadores maiores. Podem ser utilizados dois tipos de entrosamento nele: “Motorzinho” ou “Sombra”.

Ídolos da Copa do Mundo – Time 2

Como destacado no último Semana Ultimate, novas cartas dos Ídolos que fizeram história nas Copas do Mundo estão sendo introduzidas em pacotes. Semelhantes às versões tradicionais, os Ídolos da Copa do Mundo substituem as versões básicas e médias e suas classificações estão entre Mid e Prime. Os grandes destaques deste segundo time são Samuel Eto’o, que além do upgrade no overall para atingir 91, ainda recebeu mais um ponto de perna ruim e agora é ambidestro. Com isso, seu valor de mercado estourou e ultrapassou os 2 milhões de moedas com facilidade.

Outra carta que chama atenção é Roberto Carlos, que chega em boa versão de 90 de classificação. O brasileiro também recebeu melhorias no uso da perna ruim, mas ainda assim conta apenas com 3 pontos. O eterno camisa 6 é muito rápido e forte, além de ter um físico avantajado e percorrer toda a lateral do campo. É chover no molhado dizer que ele tem um chute potente e pode anotar gols de fora da área. O único ponto de atenção é a baixa estatura, que pode complicar em cruzamentos direcionados para o segundo pau. Como entrosamento, utilize para ele “Sombra” ou “Âncora”.

Foto de João Belline

João Belline

Jornalista de formação, louco dos esportes por opção. Depois de muito escalar Cartola, jogar Winning Eleven, escrever escalação dos sonhos no caderno e topar o dedão na rua, falar sobre futebol virou uma necessidade. É mais um leitor que buscou espaço no time da Trivela e entende que futebol está acima do clube.
Botão Voltar ao topo