Games

EA Sports coloca pro players para demonstrar o FIFA 22 e você pode ver as partidas aqui

Pela primeira vez temos acesso às imagens reais do beta do jogo e algumas novidades são animadoras

A pouco menos de um mês para o lançamento, o FIFA 22 vai liberando suas últimas novidades para esquentar a audiência. Através do seu canal oficial de e-sports, a produtora convidou seis pro players para jogarem a versão beta do Ultimate Team no simulador de futebol e comentaram suas impressões do desenvolvimento até agora. Conduzidos por Sam Rivera, produtor-chefe de gameplay, e Kantcho Doskov, diretor de gameplay, os dois vídeos divulgados mostram partidas individuais, entre Tom, do Hashtag United, e Tekkz, do Fnatic, e em duplas, entre Dani Visser e Levi de Weerd, do Team Gullit, e Jamie “Gravesen” Álvarez e Adriman Caribaño, do Dux Gaming.

LEIA MAIS:
Benfica e Porto terão seus estádios como novidade no FIFA 22
Como sair na frente no FIFA Ultimate Team
O que muda no Ultimate Team do FIFA 22

Para os que não estão acostumados com o universo de e-sports, estamos falando de seis dos melhores jogadores de FIFA do mundo. Dux Gaming e Team Gullit – sim, aquele jogador holandês é dono de um time de e-sports – são dos times mais fortes do modo competitivo do game. Por mais que os players estejam nitidamente pegando leve, algumas impressões já nos mostram melhorias consideráveis na gameplay do jogo.

A primeira delas é o comportamento da bola. É nítida a diferença nas trajetórias e no quicar durante as partidas. Essa melhoria deve-se à nova tecnologia Hypermotion, que permitiu a captura de partidas completas entre 22 jogadores, e trouxe mais realismo ao jogo. Inclusive, quando perguntado por Gravesen sobre o principal foco do desenvolvimento do jogo, o produtor-chefe Sam Rivera afirmou que é exatamente trazer essa veracidade ao novo FIFA, com o movimento dos times, da bola e as animações mais fluidas e reais.

Mudança comentada por Tekkz, que já foi considerado por muitos o melhor jogador do mundo, o cancelamento de dribles foi piorado no simulador de futebol. No FIFA 21, uma das jogadas mais eficientes era iniciar algumas animações de dribles e, durante o movimento delas, cancelá-las de forma antinatural, ludibriando o marcador. 

Se o drible foi nerfado, a batida colocada está bem bugada. Principalmente chutando de fora da área, a animação faz com que o goleiro não seja tão efetivo e está propiciando alguns gols estranhos, digamos assim. É possível ver na partida de 1 contra 1, entre Tom e Tekkz, que o jogador do Hashtag United usa o chute duas vezes, do mesmo lugar, para aproveitar a falha do goleiro e marcar seus gols.

Em termos defensivos, o comportamento da defesa sem bola está muito bom e é visível como alguns cortes de passe são feitos pela inteligência artificial. Além disso, as enfiadas de bola – terror do FIFA 21 – não estão passando facilmente pelos zagueiros. Apesar do erro de animação nos chutes colocados, os goleiros estão infinitamente melhores na nova edição da franquia e essa alteração foi comentada por todos os jogadores.

Vale destacar que o jogo mostrado é uma versão beta, ou seja, não condiz com o produto final e algumas alterações devem ser feitas até o lançamento. Além disso, após as primeiras semanas de jogo e a reação do público, a produtora vai lançando atualizações buscando melhorar a experiência. O FIFA 22 será lançado no dia 1º de outubro e estará disponível para consoles e PC.

Mostrar mais

João Belline

Jornalista de formação, louco dos esportes por opção. Depois de muito escalar Cartola, jogar Winning Eleven, escrever escalação dos sonhos no caderno e topar o dedão na rua, falar sobre futebol virou uma necessidade. É mais um leitor que buscou espaço no time da Trivela e entende que futebol está acima do clube.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo