Libertadores Feminina

Luciana pegou três pênaltis e mais uma vez impulsionou a Ferroviária, finalista da Libertadores Feminina

A Ferroviária vai em busca de seu segundo título na Copa Libertadores Feminina. A Ferrinha conquistou sua classificação à decisão de 2020 nesta quinta-feira, com dificuldades. As Guerreiras Grenás encararam a Universidad de Chile e, depois do empate por 0 a 0 durante os 90 minutos, a vitória só aconteceu nos pênaltis. Melhor para as brasileiras, com os 7 a 6 no placar e mais motivos para idolatrar a goleira Luciana, grande figura do sucesso do clube nos últimos anos, que pegou três cobranças nesta semifinal. Na decisão, a Ferroviária desafiará o América de Cali, responsável por desbancar o Corinthians.

Ferroviária e Universidad de Chile chegaram a se enfrentar na fase de grupos, em jogo fundamental às brasileiras. Com as chilenas já classificadas, a Ferrinha ganhou por 4 a 1 o duelo válido pela terceira rodada e assegurou a segunda colocação da chave graças ao número de gols marcados, superando o Libertad-Limpeño que goleara as paulistas na estreia. A sobrevida permitiu que as Guerreiras Grenás crescessem na campanha, eliminando o River Plate nas quartas de final. Então aconteceria o reencontro com La U, algoz do Independiente Santa Fe na fase anterior.

A Ferroviária teve mais chances no primeiro tempo e carimbou inclusive o travessão, num chute de longe de Patrícia Sochor. No entanto, a Universidad de Chile também ganhou um pênalti pouco antes do intervalo e desperdiçou, com Yessenia López batendo ao lado da trave. Na segunda etapa, La U melhorou e levou mais perigo à meta de Luciana, mas a goleira Natalia Campos também seria decisiva, fazendo uma defesa salvadora nos acréscimos. Sem gols, a definição ficou para os pênaltis.

Luciana já seria protagonista na série normal, ao pegar um pênalti, mas Campos também espalmou o tiro de Géssica. Na segunda série das alternadas, as duas goleiras defenderam as cobranças. Porém, Luciana faria diferença na quarta série de alternadas. Depois de Sochor converter, a goleira realizou sua terceira defesa e confirmou a classificação da Ferrinha.

A Ferroviária vai para sua terceira final da Libertadores Feminina. Conquistou o título em 2015, mas deixou a taça escapar em 2019 contra o Corinthians. A campanha atual teve seus percalços, mas as Guerreiras Grenás têm se superado. A partida contra o América de Cali acontecerá no próximo domingo, no Estádio José Amalfitani, às 18 horas. Conmebol TV, Facebook Watch e Bandsports transmitem o torneio.

https://www.youtube.com/watch?v=tbV9kBqnqoQ

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.
Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.