Libertadores Feminina

Ferroviária avança na Libertadores Feminina e pegará na semifinal o Santa Fe, algoz do Avaí Kindermann

Ferroviária se impôs contra o Cerro Porteño, enquanto o Avaí Kindermann perdeu nos pênaltis para o Independiente Santa Fe

As expectativas de uma semifinal brasileira nesta Copa Libertadores Feminina não se concretizaram. Nesta sexta, a competição continental abriu sua fase de mata-matas, com os dois primeiros jogos das quartas de final. Atual campeã, a Ferroviária cumpriu seu favoritismo com contundência e derrotou o Cerro Porteño por 3 a 0, seguindo em frente no torneio. O Avaí Kindermann, por outro lado, ficou pelo caminho. Num jogo emocionante com o Independiente Santa Fe, as catarinenses conseguiram buscar o empate por 2 a 2 nos minutos finais. A derrota, porém, veio nos pênaltis e as colombianas avançaram com o placar de 6 a 5 na marca da cal.

A Ferroviária entrou primeiro em campo e conseguiu atropelar o Cerro Porteño, apesar do primeiro tempo difícil. O primeiro gol saiu apenas aos 45 minutos, num cruzamento de Carol Tavares que Patrícia Sochor cabeceou com liberdade dentro da área. Logo na volta para o segundo tempo, as Guerreiras Grenás ampliaram. Raquel mandou um lindo chute na trave e, no rebote, Laryh estava atenta para guardar. A Ferrinha teria um gol anulado e seguia mais presente no ataque, até fechar a conta com outra cabeçada de Sochor, punindo um erro crasso da defesa do Ciclón após o cruzamento de Carol Tavares.

Na sequência, Avaí  Kindermann e Independiente Santa Fe se pegaram no outro duelo da noite. O primeiro tempo acabaria com o placar zerado, mas boas chegadas das equipes e lances de perigo. As redes, porém, só balançaram na segunda etapa. Aos oito minutos, na sequência de um contra-ataque, o Avaí saiu na frente com Lelê aproveitando um rebote da goleira Katherine Tapia. As colombianas responderam com o empate aos 25, numa linda falta cobrada por Liana Salazar na gaveta. Já a virada surgiu três minutos depois, com Fany Gauto cobrando pênalti. A salvação das catarinenses foi o segundo gol, aos 35, quando Cássia escapou na velocidade e tocou na saída da goleira com muita categoria.

A definição, então, ficou para os pênaltis. Na série normal, cada equipe desperdiçou dois tiros. Cássia e Zóio erraram pelo Avaí Kindermann, enquanto Nancy Acosta e Mónica Ramos falharam pelo Independiente Santa Fe -com a goleira Bárbara mantendo a esperança das Leoas. Todavia, quando chegaram as alternadas, Geovana errou o alvo no último tiro das brasileiras e as colombianas asseguraram a classificação.

Ferroviária e Independiente Santa Fe se enfrentarão na próxima semana. A outra semifinal será definida neste sábado. O Corinthians é o outro representante brasileiro e encara o Alianza Lima. O vencedor pegará Deportivo Cali ou Nacional de Montevidéu.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo