Libertadores Feminina

Corinthians fecha a fase de grupos da Libertadores Feminina com 100% e pegará o Alianza Lima nas quartas

Corinthians goleou o Deportivo Capiatá por 4 a 0, com direito a um gol sensacional de Jheniffer

O Corinthians fechou sua campanha na fase de grupos da Libertadores Feminina com 100% de aproveitamento e mais uma goleada. As alvinegras, já classificadas, encaravam o lanterna Deportivo Capiatá e precisavam apenas do empate para também se assegurarem na primeira colocação. No fim, a equipe não se contentou apenas com o simples e venceu por 4 a 0. Com o fim da primeira fase, as corintianas também conhecem seu caminho nos mata-matas e pegarão o Alianza Lima nas quartas de final.

A vitória do Corinthians começou a se desenhar aos oito minutos do primeiro tempo, numa jogada de Grazi que Jheniffer emendou para as redes. A pressão alvinegra continuava, até Jheniffer ampliar com um golaço aos 36. A camisa 9 matou no peito, ajeitou sem deixar a bola cair e acertou um lindo chute na sequência. Já no segundo tempo, as corintianas terminaram de fazer o serviço. Diany marcou o terceiro de cabeça e Grazi fechou a conta com um chute de fora da área, graças à falha da goleira paraguaia.

O Corinthians fechou o Grupo D com nove pontos. A segunda colocação ficou com o Nacional de Montevidéu, que derrotou o San Lorenzo por 2 a 0 nesta quarta. Na próxima fase, o Corinthians encara o Alianza Lima, segundo do Grupo C. As peruanas enfiaram 5 a 0 sobre o Real Tomayapo, da Bolívia. Já a ponta da chave ficou com o Deportivo Cali, que registrou a melhor campanha da fase de grupos – com nove pontos e saldo superior ao corintiano. As colombianas fecharam a participação enfiando 4 a 1 na Universidad de Chile.

As semifinais começam em 12 de novembro, com os duelos entre Ferroviária x Cerro Porteño e Kindermann/Avaí x Independiente Santa Fe. As duas equipes brasileiras, se passarem, se pegam na semifinal. Já o Corinthians entra em campo em 13 de novembro contra o Alianza Lima, mesmo dia de Deportivo Cali x Nacional, e só pode pegar outro adversário brasileiro numa eventual final. A decisão, em 21 de novembro, ocorrerá no Gran Parque Central.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo