Copa do Mundo Feminina

Copa Feminina: Suécia domina e vence a Austrália na disputa do 3º lugar

Suécia dá banho de água fria na Austrália e conquista o terceiro lugar do Mundial Feminino pela quarta vez na história

A Suécia foi firme, venceu a Austrália, por 2 a 0, neste sábado (19), e ficou com o terceiro lugar da Copa do Mundo Feminina. As Matildas lutaram, tentaram fazer valer a torcida a favor, mais uma vez com estádio cheio em Brisbane, mas a eficiência sueca prevaleceu.

A final, entre Inglaterra e Espanha, acontece no Estádio Olímpico de Sydney, no próximo domingo (20), às 7h (horário de Brasília). 

LEIA MAIS: Jogadora sueca obrigada a mostrar genital em “teste de gênero” não é exceção

Suécia 2 x 0 Austrália: gols, destaques e melhores momentos

Decidida a fazer o resultado já no primeiro tempo, a Suécia entrou em campo pressionando a Austrália. A postura ofensiva surpreendeu as Matildas, que não conseguiram se organizar durante os minutos iniciais. Além da marcação frouxa, as australianas tinham muita dificuldade para completar passes. Assim, as adversárias aproveitaram para crescer no jogo.

Aos 26 minutos, Blackstenius foi derrubada na área por Hunt, e a árbitra mandou seguir. Instantes depois, o VAR chamou a atenção para um possível pênalti. Após a revisão, foi marcado o pênalti. Fridolina Rolfo bateu bem e abriu o marcador aos 30 min.

A Suécia seguiu a aposta na velocidade e na troca de passes curtos para envolver a adversária. As australianas ainda esboçaram alguma reação perto dos acréscimos da primeira etapa, mas não foi o suficiente para incomodar. 

No retorno do intervalo, as escandinavas voltaram a todo o vapor. Nem mesmo as alterações ousadas do técnico Tony Gustavsson, que trocou o meio-campo em atacado nos primeiros minutos, surtiu muito efeito. Emily van Egmond e Cortnee Vine até tentaram criar algumas oportunidades, mas não conseguiram organizar o sistema ofensivo.

Aos 17 minutos, Asllani roubou a bola no campo de defesa e puxou um contra-ataque ligando Blackstenius perto da área. A centroavante ganhou a disputa no corpo, mas, sem ângulo, devolveu para a camisa 9, que bateu firme para ampliar o placar de domínio sueco.

Mais uma vez, após levar o gol, a Austrália acordou e tentou uma reação. Desta vez, a blitz australiana foi mais forte do que no primeiro tempo, mas igualmente ineficaz. A dupla de zaga sueca, Amanda Ilestedt e Magdalena Eriksson, fizeram uma partida segura e praticamente sem erros. 

Tradição no futebol feminino

A Suécia disputou o terceiro lugar da Copa do Mundo Feminina pela quarta vez, e alcançou um novo recorde. As suecas sempre venceram esse jogo, inclusive em duas das últimas três edições. 

  • Suécia 2 x 1 Inglaterra – 2019
  • Suécia 2 x 1 França – 2011 

Com o resultado deste sábado, a Suécia mantém o 100% de aproveitamento e conquista o terceiro lugar em uma Copa Feminina pela quarta vez. De quebra, a seleção sueca ainda manteve o tabu de nunca ter perdido para as australianas no Mundial – são duas vitórias e um empate na competição.

Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo