Champions League Feminina

Uma dinastia se encerra na Champions Feminina: atual pentacampeão, o Lyon é eliminado pelo PSG nas quartas

As parisienses avançaram graças aos gols fora de casa e os quatro semifinalistas já indicam um campeão inédito

Um resultado histórico na Champions League Feminina aconteceu neste domingo. A dinastia do Lyon no torneio chegou ao fim, nas quartas de final da atual edição. As francesas somam sete títulos continentais, os últimos cinco enfileirados consecutivamente de 2016 a 2020. No entanto, o Paris Saint-Germain foi capaz de botar um ponto final neste reinado, mesmo sem superar as rivais no Campeonato Francês – com sete vices seguidos. Depois da vitória do Lyon por 1 a 0 na partida de ida das quartas, dentro do Parc des Princes, o PSG ganhou a volta por 2 a 1 na casa das adversárias e avançou graças aos gols fora.

O duelo de volta tinha sido adiado, por conta de um surto de COVID-19 no elenco do Lyon. Por isso, aconteceu neste domingo, mais de duas semanas depois dos demais confrontos das quartas de final. E dentro do Parc Olympique Lyonnais, o PSG conseguiu uma virada histórica. A dinastia até parecia preservada quando, aos quatro minutos, o Lyon saiu em vantagem. Depois de um excelente ataque em velocidade, Catarina Macario recebeu o passe e tinha o gol aberto para concluir.

O PSG tentou responder de imediato, mas perdeu algumas chances incríveis, com bola na trave e outras finalizações erradas na pequena área. O empate saiu aos 25 minutos. Numa bola travada pela zaga, a sobra ficou com Grace Geyoro, que chutou com pouco ângulo e mandou na gaveta. Já aos 16 do segundo tempo, a virada saiu por uma infelicidade de Wendy Renard, uma das referências do Lyon. A zagueira desviou uma bola contra as próprias redes e cedeu o placar. No fim, as heptacampeãs europeias ainda tentaram a salvação, mas a goleira Christiane Endler operou um milagre nos acréscimos e assegurou a passagem do PSG.

A semifinal da Champions terá três clubes que já ganharam o torneio no masculino, enquanto dois deles podem levar a “dobradinha” entre homens e mulheres nesta temporada. O PSG desafia o Barcelona de um lado da chave, enquanto o Chelsea pegará o Bayern de Munique do outro. Nenhum dos quatro possui a taça europeia feminina. O PSG já foi duas vezes vice, enquanto o Barça perdeu a final em 2019. Além disso, pode ser o primeiro título inglês desde 2007 e o primeiro alemão desde 2014, enquanto as espanholas perseguem a primeira conquista do país. Uma nova era se inicia, com quatro concorrentes para buscar a inédita coroa.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo