Champions LeagueFutebol feminino

Barcelona supera Atlético com gol solitário e vai à semifinal da Champions Feminina

O Barcelona mais uma vez está na semifinal da Champions League feminina. O time dirigido por Lluís Cortés conseguiu a vitória sobre o Atlético de Madrid, muito desfalcado, por 1 a 0. O jogo foi disputado em San Mamés, no País Basco, em torneio com jogos únicos nas quartas, semifinal e na final.

[foo_related_posts]

O time blaugrana dominou a partida, mas que o time rojiblanco lutou muito e dificultou as coisas. A equipe da Catalunha teve muito mais posse de bola, ficou mais no campo de ataque e também levou mais perigo, com 14 chutes a gol contra apenas cinco do Atleti. Mesmo assim, o Barça foi muito impreciso nas finalizações, também porque não conseguia criar chances tão claras.

O Atlético de Madrid foi a campo para sobreviver. Muito desfalcado, inclusive da brasileira Ludmila, o time sequer tinha um banco de reservas completo: eram apenas seis jogadores como opção ao treinador Dani González. Com cinco substituições possíveis, quase o banco inteiro entrou em campo.

A falta de ritmo de jogo dos dois times pesou. Eram mais de 180 dias desde a última partida oficial das equipes. E a retranca colocada em campo pelo Atlético dificultou demais a vida do Barcelona. Mesmo sendo melhor, o time catalão tinha dificuldades quando se aproximava da área rival.

Depois de um primeiro tempo sem gols, o Atlético mantinha o seu plano de jogo e lutava muito em campo. O Barcelona só conseguiria quebrar o cadeado rojiblanco aos 35 minutos do segundo tempo. Depois de um cruzamento da direita para a área, Kheira Hamraoui dominou e finalizou no canto, vencendo a excelente goleira Hedvig Lindahl: 1 a 0.

Até o final do jogo, a luta do Atlético foi basicamente para não sofrer outro gol. Diante dos desfalques que tinha e o quanto o time batalhou em campo, já foi um feito. O Barcelona, que era melhor na teoria e foi melhor também no jogo, avançou, mas suando até o final.

O adversário do Barcelona na semifinal será o Wolfsburg, que ao contrário das blaugranas, passaram com tranquilidade pela sua adversária.

Wolfsburg passou por cima do Glasgow: 9 a 1

O Glasgow é um time de futebol feminino fundado na capital da Escócia e que tem vivido um bom momento no futebol feminino escocês e que foi campeão na temporada anterior, o que classificou o time para o principal torneio interclubes da Europa. Só que o nível de competição da equipe não esteve à altura de uma das potências do continente. O Wolfsburg, campeão alemão, passou como um trator: fez 9 a 1 e avançou sem problemas.

Pernille Harder marcou o primeiro gol do jogo aos 16 minutos, colocando as alemãs em vantagem. Ingrid Syrstad Engen ampliou aos 20 minutos, colocando 2 a 0 no placar e ela mesma marcaria o terceiro aos 45. Nos acréscimos do primeiro tempo, aos 47 minutos, Harder marcou o quarto gol. O jogo já parecia definido, mas havia muitos gols a serem marcados.

O segundo tempo foi um massacre. Aos 11, Harder marcou o quinto. O momento de maior comemoração veio aos 18 minutos, quando Lauren Wade marcou o gol de honra das escocesas. Mesmo tomando 5 a 1, o time comemorou muito. Só que ainda viriam mais gols: Aos 22, Felicitas Rauch marcou o sexto; Harder marcou o sétimo; Leanne Ross, contra, marcou o oitavo; e, por fim, Jenna Clark, aos 50 minutos, marcou o nono e fechou a conta.

O Wolfsburg tentará seu terceiro título na Champions League, depois de levar a taça para a Alemanha em 2013 e 2014. O Barcelona ainda tenta o seu primeiro título continental no futebol feminino.

As outras duas quartas de finais acontecem neste sábado. O Arsenal enfrenta o PSG, enquanto o Lyon joga contra o Bayern de Munique. Os vencedores se enfrentam na outra semifinal do torneio, que terá a sua final no dia 30 de agosto, em San Sebastián.

NA TV

Lyon x Bayern de Munique
Sábado, 22 de agosto, 15h (horário de Brasília) – ESPN Brasil (Clique aqui, assine e ganhe 7 dias grátis)

Champions League Feminina: Arsenal x PSG
Sábado, 22 de agosto, 15h (horário de Brasília) – ESPN (Clique aqui, assine e ganhe 7 dias grátis)

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo