Champions LeagueConference LeagueEuropaLiga Europa

Uefa abre janela excepcional para inscrição de jogadores de clubes ucranianos e russo em suas competições

Clubes ainda vivos na Champions, Liga Europa e Conference terão até 1º de abril para inscrever um máximo de dois jogadores

A Uefa abriu um período excepcional de inscrição, válido até 1º de abril, para abrigar os jogadores que foram liberados de seus contratos com clubes ucranianos e russos por causa da invasão da Rússia à Ucrânia que começou nos últimos dias de fevereiro.

A Fifa decidiu que os jogadores estrangeiros de clubes afiliados às federações nacionais dos dois países poderiam ter seus contratos suspensos e atuar livremente por outras equipes até 30 de junho de 2022, quando acaba a atual temporada europeia.

Foi necessária uma licença especial para que eles possam ser inscritos por outros clubes fora das janelas de transferências oficiais do futebol europeu – julho/agosto e janeiro – e o mesmo agora acontece para os participantes da Champions League, Liga Europa e Conference.

“O Comitê Executivo da Uefa decidiu alterar o regulamento da Champions League 2021/22, da Liga Europa 2021/22 e da Conference League 2021/22 para permitir que clubes registrem no máximo dois novos jogadores para as partidas restantes das atuais edições dessas competições até 1º de abril”, disse a Uefa, em comunicado.

“O Comitê Executivo da Uefa decidiu incluir uma provisão que permite que clubes registrem um máximo de dois jogadores adicionais, que estavam registrados com um clube afiliado às federações de Ucrânia e Rússia, e cujos contratos foram suspensos de acordo com o anexo 7 do Regulamento sobre o Status de Transferência de Jogadores da Fifa”, acrescentou.

O comunicado especifica que a exceção vale para jogadores que tinham contratos vigentes com clubes ucranianos e russos. Isso em tese significa, por exemplo, que o Barcelona não poderia aproveitar a brecha para inscrever Daniel Alves, que foi deixado de fora quando o clube catalão inscreveu seus reforços de janeiro – Aubameyang, Ferrán Torres e Adama Traoré – na Liga Europa.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo