Europa

Torcida do Standard está brava com Defour? Olha essa faixa: “Vermelho ou morto”

Steven Defour jogou pelo Standard Liège entre 2006 e 2011 antes de sair para dar o passo à frente que sempre esperavam dele. Três anos depois, estava na reserva do Porto e decidiu sair. A melhor proposta era para voltar à Bélgica, mas para defender o rival, o Anderlecht. Aceitou. E vocês acham que a torcida do Standard o perdoou?

LEIA MAIS: Qual torcida fez o melhor mosaico de 2014? Este vídeo reúne 25 trabalhos fantásticos

Neste domingo, teremos o primeiro clássico belga no estádio do Standard e a torcida mandou o seu recado com uma faixa bem agressiva: Jason segura a cabeça cortada de Defour, ao lado das palavras “vermelho (cor do clube) ou morto”.

O problema é que Defour não pode nem recorrer à torcida do Anderlecht porque, quando era jogador do Standard, fazia comentários bem desagradáveis contra o rival. Como disse na sua apresentação, deu um passo atrás quando voltou à Bélgica para dar dois à frente. Eu, se fosse ele, daria esses dois à frente rapidinho.

Atualizado às 13h30: E o que aconteceu com Defour em seu primeiro clássico contra o ex-clube? Acabou expulso, por chutar uma bola contra a sua antiga torcida e receber o segundo amarelo. O pior de tudo é que a atitude infantil ainda abriu o caminho para a vitória do Standard, que construiu sua vitória por 2 a 0 quando tinha um homem a mais. Pelo visto, nem a torcida do Anderlecht vai gostar muito do reforço.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo