Europa

Torcida do Galatasaray usa máscaras de Gomis em apoio ao atacante após caso de racismo

Bafetimbi Gomis chegou ao Galatasaray nesta temporada, mas já foi vítima de um lamentável episódio de racismo. O francês foi chamado de “macaco” por uma celebridade turca nas redes sociais. O suficiente para o francês denunciar criminalmente o responsável pela ofensa. Enquanto isso, o apoio veio de todas as partes. Até mesmo torcedores rivais manifestaram sua solidariedade a Gomis. Já nesta sexta, o Galatasaray preparou uma grande ação em prol de seu jogador. Máscaras com o rosto de Gomis foram distribuídas nas arquibancadas – parecido com o que o Napoli fez meses atrás, após insultos contra Kalidou Koulibaly. Além disso, os torcedores também levaram diversas faixas e cartazes com mensagens.

A motivação surtiu efeito em campo. O Galatasaray venceu o Sivasspor por 3 a 0 e Gomis marcou o gol que fechou o placar. Tolga Cigerci anotou os dois primeiros tentos dos anfitriões na Türk Telekom Arena. Já aos 38 do segundo tempo, o centroavante deixou o dele cobrando pênalti. Provocou uma erupção dos torcedores, ainda mais por sua comemoração, imitando um leão – o mascote do clube. Já virou sua marca registrada nesta nova etapa da carreira.

O Galatasaray lidera o Campeonato Turco, com nove pontos conquistados em três rodadas. Além disso, Gomis é um dos artilheiros da competição, com quatro gols marcados. Pelo ótimo início, sua resposta ao racista deverá vir em campo, balançando as redes e sorrindo rodada após rodada.

galatasaray1

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo