Europa

Se é final e tem gol de Drogba, as chances de título são imensas

É difícil questionar o poder de decisão de Didier Drogba. Não bastasse ser um dos centroavantes mais completos dos anos 2000, o marfinense potencializa seu faro de gols em finais. Neste final de semana, o camisa 11 conquistou o seu segundo título pelo Galatasaray, a Supercopa da Turquia, sendo fundamental no clássico contra o Fenerbahçe. O tento na vitória por 1 a 0 foi anotado pelo artilheiro na prorrogação, um motivo a mais para ser idolatrado pelos Cim Bom.

Em seu Instagram, Drogba comemorou: “Dez finais, dez gols, dez títulos. Deus está no controle”. De fato, o aproveitamento do centroavante nas decisões em que acabou com a taça é impressionante, até melhor do que ele proclamou. O marfinense 11 gols em 10 finais disputadas na carreira. Balançou as redes em nove delas e, na única em que passou em branco, ao menos serviu uma assistência.

Em compensação, se Drogba não aparece em uma final, as chances de derrota são grandes. O atacante foi derrotado em seis decisões, anotando apenas um gol nelas – a Copa da Liga Inglesa de 2007/08, perdida contra o Tottenham. As mais doloridas, no entanto, são as Copas Africanas de Nações de 2006 e 2012, sendo que o craque até perdeu um pênalti nesta última.

Aos 35 anos, Didier Drogba não deve ter muitas finais pela frente. Nesta temporada, o Galatasaray é um dos favoritos a reconquistar a coroa na Copa da Turquia, o que não acontece desde 2005. Considerando a lacuna, os Aslanlar devem vir com mais gana para buscar a taça novamente. E é bom ao adversário torcer para não ter o goleador pela frente.

As finais vencidas por Didier Drogba

2004/05 – Copa da Liga Inglesa – Chelsea 3×2 Liverpool – 1 gol
2005/06 – Supercopa da Inglaterra – Chelsea 2×1 Arsenal – 2 gols
2006/07 – Copa da Inglaterra – Chelsea 1×0 Manchester United – 1 gol
2006/07 – Copa da Liga Inglesa – Chelsea 2×1 Arsenal – 2 gols
2008/09 – Copa da Inglaterra – Chelsea 2×1 Everton – 1 gol
2009/10 – Copa da Inglaterra – Chelsea 1×0 Portsmouth – 1 gol
2009/10 – Supercopa da Inglaterra – Chelsea 2×2 Man United (nos pênaltis, 3×1) – 1 assistência
2011/12 – Liga dos Campeões – Chelsea 1×1 Bayern (nos pênaltis, 4×3) – 1 gol
2011/12 – Copa da Inglaterra – Chelsea 2×1 Liverpool – 1 gol
2013/14 – Supercopa da Turquia – Galatasaray 1×0 Fenerbahçe – 1 gol

As finais perdidas por Didier Drogba

2003/04 – Copa da Uefa – Olympique de Marseille 0x2 Valencia
2006 – Copa Africana de Nações – Costa do Marfim 1×1 Egito (nos pênaltis, 3×1)
2006/07 – Supercopa da Inglaterra – Chelsea 1×2 Liverpool
2007/08 – Copa da Liga Inglesa – Chelsea 1×2 Tottenham
2007/08 – Liga dos Campeões – Chelsea 1×1 Manchester United (nos pênaltis, 5×4)
2010/11 – Supercopa da Inglaterra – Chelsea 1×3 Manchester United
2012 – Copa Africana de Nações – Costa do Marfim 0x0 Zâmbia (nos pênaltis, 8×7)

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo