Europa

Rosenborg vence a Copa da Noruega e comemora fazendo o ‘mannequin challenge’

Dos recentes virais e atuais febres da internet, o ‘mannequin challenge’ é um dos mais famosos. Tamanha tem sido a repercussão do desafio que consiste em reproduzir uma espécie de estátua viva e coletiva que ele não poderia não ter chegado ao mundo do futebol. Clubes, seleções e jogadores com amigos e familiares têm participado dessa nova onda. No último domingo, foi a vez do Rosenborg fazer o ‘mannequin challenge’. E em um momento que não poderia ser mais apropriado: no erguimento da taça da Copa da Noruega. Título este que classificou o time como o primeiro da história do futebol norueguês a conseguir dois ‘dobletes’ seguidos.

VEJA MAIS: Torcida do Feyenoord acende velas e canta em homenagem à mãe falecida de seu camisa 10

Depois de ter cruzado e derrotado o Nest-Sotra, o Tromsö e, por último, o Bodo/Glimt, o Rosenborg chegou à final da segunda competição mais importante da Noruega com o Kongsvinger. O jogo final, por sinal, foi o mais fácil para a equipe de Trondheim, que não havia goleado nas fases anteriores, mas aplicou um 4 a 0 logo na decisão. Os dois primeiros gols até que foram bem distribuídos ao longo da partida. Um aos 12 minutos do primeiro tempo, outro aos cinco da segunda etapa. O caráter do jogo, porém, mudou completamente quando Pal André Helland anotou dois gols em dois minutos, um tempo após Tore Reginiussen ter feito o segundo.

Com o resultado elástico, o Rosenborg pôde celebrar sua primazia na Noruega. São dois anos consecutivos vencendo os dois torneios de maior porte do país: a Copa da Noruega e o Campeonato Norueguês. Este, aliás, terminando a temporada atual 15 pontos à frente do segundo colocado, o Brann. Por isso a comemoração fazendo o ‘mannequin challenge’ na hora de levantar a taça se fez tão genial. Porque foi uma alusão à forma que eles passaram longe de ficar ao longo de 2015 e 2016: estática. E os quase 100 gols nesta temporada e os títulos são a maior prova disso.

Conteúdos relacionados

VEJA TAMBÉM: Os melhores vídeos ‘mannequin challenge’ do futebol

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo