Champions LeagueEuropa

Ranieri: “Montei o Leicester para ser como o Atleti. Eles são um time italiano, não espanhol”

Dois meses depois de ser demitido do Leicester, a saída de Claudio Ranieri do clube que ele conduziu a um êxito completamente inesperado e homérico ainda é um assunto que rende bastante. Desde a demissão, o técnico foi sondado por alguns clubes da Inglaterra e cogitado por outros de fora do país. Todos com esperança que o italiano pudesse repetir o feito da temporada passada em outro lugar. Ranieri, no entanto, ainda permanece sem clube, mas se diz preparado para já assumir o comando técnico de outra equipe.

LEIA TAMBÉM: O sonho na Champions acabou, mas o Leicester já pensa em vivenciar a Europa outra vez

O treinador campeão inglês com o Leicester em 2015/16 foi a um programa do BT Sport para analisar a queda dos Foxes na Champions League para o Atlético de Madrid e foi perguntado sobre sua trajetória daqui para frente. “Estou pronto para treinar outra vez”, disse. E ainda deixou no ar qual pode ser seu destino. Com o assédio de muitos times ingleses, ele falou que pode, sim, comandar uma equipe britânica novamente. “Por que não? Sou um técnico europeu. Onde existir um bom projeto, eu estou pronto para assumir”.

Seu próximo clube será o 15º de sua carreira como treinador. Foi na Itália, sua terra natal, que Ranieri exerceu a maior parte de seus trabalhos. Lá, treinou Napoli, Fiorentina, Internazionale, Juventus, Roma Parma, Cagliari e Puteolana. O treinador também passou pelo Monaco, pelo Chelsea e pela seleção grega. Na Espanha, treinou o Valencia em duas ocasiões e o Atlético de Madrid, último adversário das raposas na Champions e time que Ranieri diz ter sido a base para seu Leicester.

“Eu montei o Leicester para ser como o Atlético de Madrid. Eles são um time italiano, não espanhol. Simeone jogou na Itália, ele conhece as táticas de lá”, falou o técnico. Na equipe da capital da Espanha, os resultados de Ranieri foram negativos. Ele treinou os colchoneros nas 26 primeiras rodadas do Campeonato Espanhol da temporada 1999/00, do Deportivo La Coruña campeão nacional pela primeira vez na história. Ao fim de sua campanha naquele ano, o Atleti foi rebaixado para a segunda divisão. Junto, aliás, aos rivais andaluzes: Sevilla e Real Betis.

Ranieri também se disse muito satisfeito em ver os jogadores do Leicester fazendo o que ele os ensinou. “Foi muito importante para mim ver eles continuando a jogar da mesma forma de antes”, comentou. Ainda para o italiano, os Foxes tiveram azar de perder por 2 a 1 no agregado. “Depois do gol de Vardy, tiveram outras duas boas chances. Os primeiros 30 minutos do segundo tempo do Leicester foram incríveis, mas a experiência dos jogadores do Atleti prevaleceu”.

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo