Europa

Paixão, rivalidade e taça: vale a pena acompanhar a reta final do Campeonato Turco

Bayern de Munique, Chelsea, Juventus e PSV já levantaram a taça. O Barcelona está quase lá e só precisa de uma vitória em dois jogos, após o tropeço do Real Madrid com o Valencia, enquanto o Paris Saint-Germain só perde o título se não fizer ponto algum e ainda perder no saldo ao Lyon. Em outras ligas menores, por exemplo, a situação também está bastante definida para Benfica, Zenit e Dynamo Kiev, por exemplo. Por isso mesmo, o Campeonato Turco se torna praticamente um oásis nesta reta final de temporada. Basta olhar para o topo da tabela, restando quatro rodadas: Galatasaray, 67 pontos; Fenerbahçe, 66 pontos; Besiktas, 65 pontos. Uma reta final eletrizante e quentíssima entre os rivais históricos.

VEJA TAMBÉM: Turcos esvaziam estádios e vão às ruas contra o controle do governo sobre as torcidas

A rodada conspirou contra o Besiktas, que dividia a liderança com o Galatasaray antes de entrar em campo. Os alvinegros só empataram com o Gazientepspor, em casa, por 1 a 1. Já os outros inimigos fizeram a própria parte, não sem passar sufoco. O Galatasaray bateu o Konyaspor com um gol de Selçuk Inan, aos 39 do segundo tempo. Já o Fenerbahçe buscou a virada sobre o Sivasspor fora de casa, a três minutos do fim. Diego empatou a primeira vez no primeiro tempo, Webó a segunda após o intervalo e Moussa Sow apareceu como salvador ao fazer 3 a 2 aos 42 minutos.

Para melhorar a emoção, as rodadas finais ainda guardam um clássico: em seu penúltimo compromisso, o Galatasaray recebe o Besiktas em casa – e, se os torcedores tiverem sorte, poderão ver um dérbi tão eletrizante quanto o Galatasaray x Fenerbahçe de março. Vale destacar também o bom nível dos três times, com jogadores que podem não ser mais novatos, mas ainda garantem qualidade técnica: Demba Ba, José Sosa (Besiktas); Sneijder, Felipe Melo (Galatasaray); Diego e Kuyt (Fenerbahçe). Sem contar a base da seleção turca formada pelo trio de ferro, com nomes do calibre de Burak Yilmaz e Gökhan Tore. E, é claro, os elementos extracampo, como o atentado que sofreu o Fenerbahçe há um mês.

VEJA TAMBÉM: Sneijder parece um semideus neste vídeo incrível com a torcida do Galatarasaray

Mesmo na briga pelo quarto lugar, que dá vaga na Liga Europa, a briga é interessante. O Istambul BB soma 50 pontos, enquanto Bursaspor e Trabzonspor aparecem um atrás. O destaque da rodada, inclusive, foi o Bursaspor, que enfiou 7 a 1 no Kardermir Karabuk: o atacante Fernandão comandou o massacre, com quatro gols. O ex-jogador de Palmeiras e Bahia, aliás, é o artilheiro do Turcão, com 22 tentos – e chamando a atenção de Fenerbahçe e Besiktas, especulados como possíveis destinos.

As quatro rodadas finais possuem todos elementos de uma boa disputa. Especialmente pela rivalidade latente que impera entre os três rivais de Istambul, e também da paixão que torna a atmosfera nos estádios do país espetacular.

tr

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo