Europa

Os amistosos do dia: Bélgica empata com a Grécia, Suíça goleia por 7 a 0 e Çalhanoglu dá linda assistência de calcanhar

Numa quinta-feira sem grandes partidas, a Bélgica foi a principal equipe em campo e não empolgou

Faltando pouco mais de uma semana para o início da Eurocopa, a quinta-feira teve mais alguns amistosos envolvendo seleções participantes. A principal delas a entrar em campo foi a Bélgica. E os Diabos Vermelhos, líderes do Ranking da Fifa, tiveram uma atuação morna. Roberto Martínez optou por um mistão e ficou no empate por 1 a 1 contra a Grécia, que não disputará a Euro 2020 – os helênicos vivem uma fase bem fraca nos últimos anos, aliás. O compromisso aconteceu no Estádio Rei Balduíno, em Bruxelas.

Roberto Martínez escalou uma equipe sem diversos medalhões para o compromisso da Bélgica. Romelu Lukaku era a grande figura em campo, mas os Diabos Vermelhos entraram sem diversos titulares – inclusive Kevin de Bruyne, que se recupera da fratura no rosto sofrida na final da Champions e é dúvida para o início da Euro. Num primeiro tempo em que os belgas foram melhores, Thorgan Hazard abriu o placar aos 20 minutos. O ala tabelou com Yannick Ferreira Carrasco pela esquerda e se infiltrou para definir. A Grécia, entretanto, melhorou e mereceu o empate na segunda etapa. Aos 21, Kyriakos Papadopoulos carimbou a trave após cobrança de falta e Georgios Tzavellas aproveitou o rebote.

A Bélgica ainda disputará mais um amistoso antes da Eurocopa, contra a Croácia. A estreia dos Diabos Vermelhos acontece em 12 de junho, visitando a Rússia em São Petersburgo. A equipe de Roberto Martínez figura no Grupo B, no qual também terá a concorrência de Dinamarca e Finlândia.

Presente no Grupo A (o mesmo de Itália, Turquia e Gales), a Suíça disputou um treino de luxo contra o vizinho Liechtenstein. Os helvéticos golearam por 7 a 0, se aproveitando da enorme fragilidade da defesa do principado. O detalhe é que apenas um gol veio no primeiro tempo, com os outros seis depois do intervalo – quando os jogadores que saíram do banco quiseram mostrar serviço. Mario Gavranovic foi o destaque, com três tentos. Anotou o primeiro e também o mais bonito. Christian Fassnacht fez dois, enquanto Noah Frick (contra) e Edmilson Fernandes fecharam a contagem.

Adversária na chave, a Turquia seria bem mais econômica contra a frágil Moldávia. Os turcos ganharam o amistoso por 2 a 0, deixando os gols para o segundo tempo. Vivendo uma fase excepcional, Burak Yilmaz abriu a contagem. Hakan Çalhanoglu, porém, tem enormes méritos com um passe fenomenal de calcanhar para o capitão fuzilar. Depois, Cengiz Ünder passou a régua. O ponta foi lançado em velocidade e deu uma finta seca no marcador antes de chutar cruzado.

A Ucrânia é candidata à classificação no Grupo C, o mesmo de Países Baixos / Holanda, Áustria e Macedônia do Norte. A equipe treinada por Andriy Shevchenko venceu a Irlanda do Norte por 1 a 0. O gol saiu logo aos dez minutos, com Oleksandr Zubkov aparecendo livre na área para definir de cabeça. Marlos entrou na equipe durante o segundo tempo. Por fim, num jogo de duas equipes fora da competição continental, a República da Irlanda goleou Andorra por 4 a 1.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

ADBLOCK? AÍ É FALTA DESLEAL =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!