Liga das Nações

Gol de Mbappé na final da Liga das Nações pode levar a uma mudança na regra do impedimento

Roberto Rosetti, chefe da arbitragem da Uefa, diz que decisão do árbitro foi correta, mas que a atual interpretação vai contra o espírito da regra e precisa ser mudada

Você achou o gol de Kylian Mbappé na final da Liga das Nações um pouco estranho? Ele estava claramente em posição de impedimento, mas a arbitragem validou o gol porque o defensor espanhol, Eric Garcia, se joga na bola, o que cria uma nova jogada e, assim, coloca o francês em condições ao criar uma nova jogada. Embora de acordo com a regra o gol tenha sido corretamente validado, segundo o chefe de arbitragem da Uefa, ele também admitiu que esse lance mostra que é preciso mudar a regra, porque como está ela afeta o seu espírito.

No momento do lance, quando Theo Hernández faz o passe para Mbappé, impedido, receber a bola e marcar o gol, a sensação era que o VAR iria anular o lance. Só que após a checagem, o gol foi confirmado pelo árbitro Anthony Taylor e não foi mostrada a imagem que justificava isso.

A explicação só veio bem depois do jogo, justamente dizendo que Eric Garcia, zagueiro da Espanha, se joga e toca na bola, mas não consegue impedir que ela chegue no atacante. Esse toque criou uma nova jogada e, portanto, não importava a posição de Mbappé, já que a bola, por essa interpretação, veio do defensor adversário.

Veja os melhores momentos de Espanha 1×2 França

“Anthony Taylor tomou a decisão correta baseada na regra existente e sua interpretação oficial”, afirmou Roberto Rosetti, chefe de arbitragem da Uefa. “O jogador [Eric Garcia] deliberadamente interveio para jogar e o adversário [Kylian Mbappé] não estava interferindo na jogada]”, justificou.

“Contudo, este caso nos mostra que a interpretação atual da regra aparentemente está em conflito com o espírito da regra em si, que é impedir que qualquer jogador tire vantagem da sua posição de impedimento”, avaliou Rosetti. “A posição da Uefa é que existem formas de melhorar o texto para alinhar com o objetivo da regra e o espírito do jogo”.

A palavra de Rosetti tem força, porque ele é parte do Painel Consultivo Técnico da International Football Association Board (IFAB), que propõe modificações nas regras do jogo. O painel irá se reunir no dia 27 de outubro, antes da Reunião Anual de Negócios da IFAB, no dia 25 de novembro, que irá finalizar quaisquer mudanças que serão colocadas em votação no começo de 2022.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo