Europa

Inspirados pela Roma, mais de 50 clubes farão ação no Dia Internacional da Criança Desaparecida

Sabe aqueles vídeos criativos anunciando contratações, daquela época em que ainda havia reforços e futebol? Nenhum era melhor do que os da Roma que, desde o ano passado, vinha usando suas plataformas digitais para passar informações sobre crianças desaparecidas em vários países. Até janeiro, seis haviam sido encontradas com a ajuda do clube italiano. Agora, mais de 50 agremiações europeias se unirão em uma ação conjunta no Dia Internacional da Criança Desaparecida, em 25 de maio.

[foo_related_posts]

Segundo a Associação dos Clubes Europeus, Chelsea, Liverpool, Tottenham, Borussia Dortmund, Olympique Marseille, Atalanta, Internazionale, Juventus, Lazio, Barcelona, Benfica, Atlético de Madrid e outras dezenas de membros usarão suas redes sociais para publicar vídeos com imagens de crianças desaparecidas ao redor do mundo.

A Roma, com seu longo relacionamento com o Centro Internacional de Crianças Desaparecidas e Exploradas (ICMEC, sigla em inglês), ajudou a viabilizar o projeto, apoiado pela Fifa.

“Clubes tem uma antiga tradição de serem veículos de impacto social em suas comunidades locais e também globalmente, uma tradição de muita importância no mundo atual. Como uma unidade coletiva, os membros da ECA têm uma plataforma sem paralelos para alcançar milhões ao redor do mundo para apoiar aqueles que estão vulneráveis em nossa sociedade”, afirmou o executivo-chefe da ECA, Charlie Marshall.

Há mais de um milhão de registros de crianças desaparecidas por ano, afirma o executivo-chefe do ICMEC, Bob Cunningham. “E uma criança desaparecida é uma criança vulnerável. Enquanto a maioria volta para casa rapidamente e em segurança, muitas permanecem desaparecidas por períodos mais longos de tempo”, afirmou.

“Queremos agradecer a ECA e a Fifa pelo seu incrível apoio”, acrescentou a vice-presidente da IMCEC, Caroline Humer. “Cada clube que concordou em participar da iniciativa e também a Roma, que nos abordou em primeiro lugar que está nos ajudando a fazer a campanha”.

Veja todos os clubes que concordaram em participar: 

Genk, Bélgica
Gent, Bélgica
Sarajevo, Bósnia
Ludogorets, Bulgária
Omonia, Chipre
Viktoria Plzeň, Tchéquia
Slavia Praga, Tchéquia
Chelsea, Inglaterra
Liverpool, Inglaterra
Tottenham, Inglaterra
EB/Streymur, Ilhas Faroe
Seinäjoki, Finlândia
Olympique Marseille, França
Bayer Leverkusen, Alemanha
Borussia Dortmund, Alemanha
Hoffenheim, Alemanha
Wolfsburg, Alemanha
Lincoln Red Imps, Gibraltar
AEK Atenas, Grécia
Asteras Tripolis, Grécia
Atromitos, Grécia
Olympiacos, Grécia
Panathinaikos, Grécia
PAOK, Grécia
Fehérvár, Hungria
Ferencváros, Hungria
Cork City, Irlanda
Hapoel Beer-Sheva, Israel
Roma, Itália
Atalanta, Itália
Internazionale, Itália
Juventus, Itália
Lazio, Itália
Astana, Cazaquistão
Jelgava, Letônia.
Zimbru Chișinău, Moldávia
Sutjeska, Montenegro
AZ Alkmaar, Holanda
Linfield, Irlanda do Norte
Rosenborg, Noruega
Benfica, Portugal
Cluj, Romênia
Lokomotiv Moscou, Rússia
Zenit, Rússia
La Fiorita, San Marino
Celtic, Escócia
Rangers, Escócia
Slovan Bratislava, Eslováquia
Athletic, Espanha
Atlético de Madrid, Espanha
Barcelona, Espanha
Valencia, Espanha
Malmö, Suécia
Young Boys, Suíça
Zurique, Suíça

.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo