EuropaLiga das Nações

Inglaterra vence com gol nos acréscimos e Islândia ainda perde pênalti no último lance

Como tem sido padrão nesta Liga das Nações, Inglaterra e Islândia fizeram um jogo em ritmo baixo neste sábado. Tudo caminhava para um empate sem gols, no dia que Phil Foden estreou como titular da seleção inglesa e que os islandeses jogaram cheios de desfalques. A emoção ficou para os minutos finais: Sterling fez o gol da Inglaterra nos acréscimos e Birkir Bjarnason perdeu pênalti depois, definindo o jogo em 1 a 0 para os visitantes em Reiquiavique.

[foo_related_posts]

Quem pode comorar o resultado é o lateral Kyle Walker e o zagueiro Joe Gomez. Isso porque o lateral foi expulso aos 25 minutos do segundo tempo, deixando o time com um a menos. Tornou a missão inglesa mais difícil na Islândia. Raheem Sterling foi o responsável por sofrer e converter um pênalti aos 46 minutos do segundo tempo, o que garantiria a vitória.

Só que a vitória quase virou empate no último lance do jogo. Joe Gómez errou tudo, cometeu pênalti em Holmbert Fridjonsson e deu a chance para o time da casa empatar. O problema é que Birkir Bjnarsson chutou para fora e perdeu a chance de marcar 1 a 1 no placar. Ficou mesmo 1 a 0 para os ingleses.

É verdade que a vitória poderia ter sido menos dramática se o gol de Harry Kane, ainda no primeiro tempo, não tivesse sido incorretamente anulado. O assistente marcou um impedimento inexistente e, como não há VAR, o erro não foi corrigido.

O bom início de jogo da Inglaterra não se perpetuou no segundo tempo. Phil Foden, estreante do time, não teve uma boa partida e acabaria substituído no segundo tempo. Danny Ings voltou a jogar pela seleção, substituindo justamente o jogador do Manchester City. Mason Greenwood, do Manchetser United, foi outro a estrear.

A Islândia fez um jogo defensivo o tempo todo. A Inglaterra teve dificuldades em vencer o duelo contra a forte defensa dos escandinavos, que só tiveram dois chutes a gol e nenhum deles no alvo. A Inglaterra finalizou 13 vezes, quatro delas no alvo. Teve 78% de posse de bola, trocando 771 passes.

A Inglaterra volta a campo na terça-feira, contra a Dinamarca. A Islândia entra em campo no mesmo dia, mas contra a Bélgica.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo