Europa

‘Não posso mais’: a tristíssima confissão de Hazard a Zidane

Hazard e Zidane estiveram juntos no Real Madrid, o primeiro como atleta e o segundo como treinador, em um dos piores períodos da recém-encerrada carreira do belga

Eden Hazard foi um símbolo de uma das gerações mais talentosas da seleção belga dos últimos anos. O meia-atacante participou das Copas do Mundo de 2014 e 2018, tendo levado seu país ao terceiro lugar no Mundial da Rússia. Há quem considere o jogador um dos maiores nomes dos “Red Devils” desde a geração de Scifo, Wilmots, Mpenza e Oliveira. Ao lado de Lukaku, Mertens, De Bruyne e companhia, Hazard encantou o mundo com seu futebol envolvente e chocou os amantes do esporte bretão ao anunciar sua retirada em 2023.

Contratado pelo Real Madrid em 2019, Hazard não foi nem sombra do jogador decisivo e habilidoso que fora no Chelsea, decepcionando a torcida Merengue. Em entrevista ao Marca, o ex-craque da seleção da Bélgica revelou que problemas físicos impediram o jogador de dar continuidade à sua carreira. Sendo assim, após quatro temporadas defendendo o time madrilenho, optou por dar encerramento à sua trajetória como atleta profissional.

O jogador viveu um momento complicado em 2019, em seu primeiro ano defendendo o Real Madrid. Em novembro daquele ano, quando atravessava o seu melhor momento pelo time espanhol, Hazard sofreu uma grave lesão em um confronto diante do PSG. Curiosamente, o lance que o machucou envolveu seu compatriota, Thomas Meunier. Com seu tornozelo machucado, o meia-atacante não conseguiu mais retomar seu bom futebol. Segundo o jogador, seu processo de fisioterapia não foi tão intenso como poderia e isso prejudicou seu retorno.

Hazard conta que fez exercícios em casa para tentar amenizar os impactos da lesão em seu tornozelo. Em época de Covid-19, a única opção para o jogador foi utilizar o tempo livre para fortalecer a região machucada, mas não foi o suficiente.

 “Fiz exercícios em casa e para mim foi o suficiente. Não pensei que tivesse que fazer mais. Depois de dois meses percebi que deveria ter fiz mais. Quando voltei a campo, percebi isso”, revelou Hazard.

Eden queria estar ao lado da equipe de todas as formas, afinal, o Real Madrid estava disputando o título da La Liga na época. Mesmo demonstrando um déficit em sua condição física, Hazard pediu ao técnico Zidane na época para que jogasse em todas as partidas. Assim que o título foi confirmado, o belga afirmou que estava extenuado.

“Não, não posso fazer mais, estou acabado. Meu O corpo está sofrendo muito, então preciso fazer uma reabilitação adequada, mas já era final de temporada”, disse o jogador.

Férias eram sagradas para Hazard

Quem acompanhou de perto a trajetória de Eden Hazard, seja no Chelsea ou no próprio Real Madrid, sempre criticou a condição física do jogador no retorno das férias. Visivelmente fora da forma ideal entre uma temporada e outra, o próprio atleta afirmou que aproveitava o período de descanso de forma “mais liberal”, sem se preocupar tanto em se alimentar corretamente e bebendo bastante. A Bélgica é conhecida por ser o país que produz uma das melhores cervejas do mundo e o craque se aproveitava disso nos momentos de descanso.

Para Hazard, o período competitivo no futebol europeu cobra do atleta profissional um nível de comprometimento e desgaste muito grande. Portanto, assim que entrava de férias, fazia questão de “compensar” isso em seu momento livre.

“Todo verão eu ganhei 4 ou 5 quilos porque pensei que já tinha dado muito durante dez meses. Você leva seu corpo ao nível máximo e as pessoas te criticam. Então seu tempo livre é seu tempo livre. Como belga, eu adoro cervejas porque meu país tem as melhores do mundo, então não vou contar que bebia todos os dias porque não é verdade, mas às vezes depois de um bom jogo uma ou duas estão boas”, revelou Hazard.

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Botão Voltar ao topo