Europa

Entenda como guerra em Israel impacta futebol no país, de Eliminatórias a Liga Europa

Maccabi Haifa e Maccabi Tel Aviv solicitaram à Uefa o adiamento de seus jogos por Europa e Conference League

A guerra entre Israel e o grupo Hamas tem impactado tudo que está ligado ao país do Oriente Médio, inclusive o futebol. Depois de provocar a paralisação do Campeonato Israelense e o adiamento de partidas da seleção principal, sub-21 e sub-17, o conflito também deve atingir a Liga Europa e a Conference League. Nesta segunda-feira (16), Maccabi Haifa e Maccabi Tel Aviv solicitaram oficialmente à Uefa que seus jogos pelas competições europeias previstos para o dia 26 de novembro sejam adiados.

Nas redes sociais, os dois clubes publicaram um comunicado oficial informando o pedido, feito com o apoio da Associação de Futebol de Israel. Maccabi Haifa tem compromisso pela terceira rodada da Liga Europa diante do Villarreal, no Estádio de la Cerámica. Já o Maccabi Tel Aviv tem jogo marcado contra Zorya Luhansk, da Ucrânia, em Israel pela terceira rodada da Conference League.

— Isto é o mínimo que a comunidade do futebol europeu pode fazer por nós nestes tempos difíceis, quando o nosso país está sob uma guerra em que nossos melhores filhos estão na frente — disse Itzik Ovadia, diretor-geral do Maccabi Haifa, no comunicado oficial publicado pelo clube.

Problema para Uefa

Por mais que ainda não tenha sido confirmado, o adiamento dos jogos de Maccabi Haifa e Maccabi Tel Aviv deverá ser realizado pela Uefa. É a decisão correta a se tomar, até porque não existe clima para se disputar uma partida em meio a um conflito que provocou mais de quatro mil mortes em quase dez dias. Com cerca de 1,4 mil óbitos em Israel segundo autoridades locais, é a guerra mais mortal no país desde a Guerra do Yom Kippur em 1973.

A Uefa já adiou partidas de seleções previstos para acontecerem em Israel durante outubro. A seleção israelense principal receberia a Suíça em Tel Aviv na quinta-feira (12) pela sétima rodada das Eliminatórias para Eurocopa de 2024. Já o duelo contra Kosovo, fora de casa, foi remarcado para o dia 15 de novembro.

Também na quinta-feira, a equipe sub-21 enfrentaria a Estônia em Petah Tikva. Israel ainda encararia a Alemanha pelas Eliminatórias da Euro Sub-21 nesta terça-feira (17), novamente em Petah Tikva. Por fim, um torneio sub-17 entre Israel, Bélgica, Gibraltar e País de Gales que aconteceria no país entre os dias  11 e 17 também foi adiado.

Os adiamentos recentes feitos pela Uefa indicam que o pedido de Maccabi Haifa e Maccabi Tel Aviv deverá ser atendido. A entidade, no entanto, terá uma enorme dor de cabeça para remarcar todos os compromissos, até porque parece impossível a realização de uma partida em Israel em breve, já que a guerra não parece próxima do fim.

Para respeitar o calendário das competições, as partidas de mando das seleções e equipes israelenses provavelmente serão realizadas em campo neutro. A Ucrânia, por exemplo, disputou jogos como mandante na Polônia, República Tcheca e Eslováquia desde que foi invadida pela Rússia em fevereiro de 2022.

Israel está localizado na Ásia, mas é filiado à Uefa desde 1991 devido aos conflitos com países vizinhos e recorrentes recusas de entrar em campo e protestos em partidas envolvendo o país em competições asiáticas.

Desde o dia 7, a primeira e segunda divisões do Campeonato Israelense estão suspensas por decisão da Liga Profissional de Futebol de Israel (IPFL).

Foto de Felipe Novis

Felipe Novis

Felipe Novis nasceu em São Paulo (SP) e cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Antes de escrever para a Trivela, passou pela Gazeta Esportiva.
Botão Voltar ao topo