Europa

Galatasaray demite o lendário Fatih Terim e contrata Domènec Torrent

Lendário treinador turco, Terim deixou o Gala depois de quatro anos no cargo; Torrent, ex-Flamengo, irá assumir o posto

Um dos treinadores mais importantes do futebol turco deixou o cargo nesta segunda-feira. Fatih Terim acertou a saída do clube, depois de quatro anos. Era a quarta passagem do treinador de 68 anos pelo Gala, onde escreveu uma grande história. O ponto mais alto é certamente a sua conquista da Copa da Uefa pelo clube, em 2000, em um time que tinha Gheorghe Hagi e Claudio Taffarel.

Sua primeira passagem pelo Galatasaray foi em 1996, que foi justamente quando ficou até 2000 e conquistou o título europeu, além de quatro títulos consecutivos do Campeonato Turco. Sua passagem histórica pelo clube acabou quando a Fiorentina o levou para a Itália, em 2000. Depois, seria técnico do Milan em 2001, mas a passagem durou pouco, apenas cinco meses. Foi então que retornou ao futebol turco para dirigir mais uma vez o Galatasaray e ficou de 2002 a 2004.

Saiu do clube turco para a seleção turca. Dirigiu as Estrelas Crescentes por quatro anos, naquela que já era sua segunda passagem – tinha sido técnico da seleção também entre 1993 e 1996, antes da sua primeira ida ao Galatasaray. Nesta segunda passagem pela seleção da Turquia, não conseguiu ir para a Copa 2006, perdendo a repescagem para a Suíça, mas fez uma boa campanha na Eurocopa 2008 e chegou até a semifinal.

Depois de comandar a seleção turca pela segunda vez, ele voltou ao Galatasaray para uma terceira passagem, em 2011. Conquistou mais dois títulos turcos no comando do clube, aumentando ainda mais a sua história. Retornaria à seleção turca em 2013, onde ficou até 2017. Voltaria ao Galatasaray em 2017 e nesta última passagem conquistou o título em 2017/18 e em 2018/19, além da Copa da Turquia em 2018/19.

A temporada atual do treinador tem pontos altos e baixos. O ponto alto é a campanha na Liga Europa, em que venceu o seu grupo e está classificado às oitavas de final. No Campeonato Turco, porém, a situação é ruim. O time é apenas o 12º colocado e perdeu no último sábado para o Giresunspor.

O substituto de Fatih Terim será um conhecido do público brasileiro: Domènec Torrent, ex-Flamengo. Ele acertou contrato com o clube turco e já foi para Istambul, anunciado pelo presidente do Galatasaray, Burak Elmas. Ainda se negocia um assistente técnico turco para o treinador espanhol.

Assistente técnico de Pep Guardiola, Torrent começou a traçar um caminho próprio quando foi dirigir o New York City, na MLS, em 2018. Por lá foram 60 jogos, 29 vitórias, 14 empates e 17 derrotas. Depois, foi para o Flamengo, mas ficou apenas três meses no cargo. Foram 5 vitórias, cinco empates e seis derrotas em 26 jogos. Ele não é técnico desde a demissão do rubro-negro, em novembro de 2020.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo