Eurocopa 2024

Temporada ruim deixa Rashford fora até de lista provisória da Inglaterra para Eurocopa

Gareth Southgate convoca 33 nomes e terá até dia 7 de junho para escolher os 26 convocados da Inglaterra para a Eurocopa; jovens terão primeira oportunidade

Se na temporada passada Marcus Rashford teve a melhor temporada de sua carreira, em 2023/2024, a decepção pelo atacante ter de lidar com lesões e o desempenho abaixo do esperado culminou em sua ausência da Eurocopa. Nesta terça-feira (21), o técnico Gareth Southgate anunciou uma lista provisória de 33 nomes convocados da Seleção Inglesa para a competição continental, e o jogador do Manchester United foi a principal ausência.

Se na temporada passada Rashford fez 30 gols, nesta ele conseguiu anotar apenas 8 tentos, e chegou a ser reserva de Garnacho em várias partidas ao longo da temporada. Mesmo que tenha atuado no último amistoso da Inglaterra contra a Bélgica, o atacante do Manchester United não recebeu voto de confiança de Southgate, que explicou a decisão.

– Essas são convocações muito difíceis. Estamos falando de jogadores muito bons que vêm sendo importantes com o que estamos trabalhando ao longo de anos. Com Marcus, eu senti que outros jogadores da mesma posição do campo tiveram uma temporada melhor. É simples assim – explicou, em entrevista coletiva.

Outros medalhões e destaques da temporada ficaram fora

Algumas outras ausências também foram sentidas da lista provisória dos Three Lions. Jordan Henderson, homem de confiança de Southgate, não recuperou a forma física dos tempos de Liverpool no Ajax e foi deixado de fora. Levi Colwill, Ben Chilwell, Reece James, Raheem Sterling e Dominic Solanke foram outros nomes importantes que sequer poderão estar nos treinamentos para a convocação final.

Estreantes poderão mostrar serviço

A lista, porém, também está cheia de novidades. O defensor Jarell Quansah e o meia Curtis Jones fizeram boa temporada no Liverpool, e poderão estar na lista final de Southgate. Além deles, o goleiro James Trafford, do Burnley, Jarrad Branthwaite, do Everton e Adam Wharton, do Crystal Palace, também foram chamados, mesmo sem nunca terem jogado com a camisa da Seleção Inglesa.

Jogos para mostrar serviço

Dos 33 atletas chamados, apenas 26 poderão ser levado por Gareth Southgate e sua comissão para a Alemanha, onde acontecerá a Eurocopa, entre os dias 14 de junho e 14 de julho. A lista final será enviada para a UEFA até o dia 7.

Ao longo deste tempo, os atletas estarão se preparando e terão a oportunidade, em amistosos contra a Bósnia-Herzegovina, no dia 3 de junho, e na preparação contra a Islândia, em 7 de junho, de convencerem Southgate. Os Three Lions estão no Grupo C do torneio, e enfrentarão Sérvia, no dia 16 de junho, Dinamarca, no dia 20, e terminam a fase de grupos contra a Eslovênia, em 25 de junho. Mas antes disso, s

Confira a lista provisória da Inglaterra

Goleiros: Jordan Pickford (Everton), Dean Henderson (Crystal Palace), Aaron Ramsdale (Arsenal) e James Trafford (Burnley)

Defensores: Jarrad Branthwaite (Everton), Lewis Dunk (Brighton), Joe Gomez (Liverpool), Marc Guehi (Crystal Palace), Ezri Konsa (Aston Villa), Harry Maguire (Manchester United), Jarell Quansah (Liverpool), Luke Shaw (Manchester United), John Stones (Manchester City), Kieran Trippier (Newcastle), Kyle Walker (Manchester City)

Meio-campistas: Trent Alexander-Arnold (Liverpool), Conor Gallagher (Chelsea), Curtis Jones (Liverpool), Kobbie Mainoo (Manchester United), Declan Rice (Arsenal), Adam Wharton (Crystal Palace)

Atacantes: Jude Bellingham, (Real Madrid), Jarrod Bowen (West Ham), Eberechi Eze (Crystal Palace), Phil Foden (Manchester City), Jack Grealish (Manchester City), Anthony Gordon (Newcastle), Harry Kane (Bayern Munich), James Maddison (Tottenham), Cole Palmer (Chelsea), Bukayo Saka (Arsenal), Ivan Toney (Brentford), Ollie Watkins (Aston Villa)

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo