Eurocopa

Técnico da Holanda define lista para a Eurocopa sem finalista da Champions

Ronald Koeman anunciou os cortes da Holanda, deixando Maatsen, De Roon, Olij e Quinten Timber fora da Eurocopa

Ian Maatsen vive a melhor temporada de sua carreira. O jogador, que pertence ao Chelsea, foi emprestado ao Borussia Dortmund em janeiro deste ano, e desde então se tornou titular absoluto e um dos destaques da equipe alemã, que surpreendentemente chegou à final da Champions League.

Porém, nem mesmo a boa fase na Alemanha e ser um dos únicos laterais-esquerdos de ofício da Holanda convenceu Ronald Koeman a levar o defensor para a Eurocopa, que acontecerá na Alemanha, de 14 de junho a 14 de julho. Nesta quarta-feira (29), Maatsen, que estava na pré-convocação para o torneio de seleções europeias, foi avisado pelo técnico da Holanda do seu corte da lista.

Koeman anunciou na semana passada uma pré-lista que continha 30 jogadores, e antes do prazo, que se esgota em 6 de junho, já tornou público quais atletas disputarão o torneio.

– Maatsen vai jogar a final da Liga dos Campeões no sábado. Tentei explicar-lhe à minha maneira porque desisti de convocar ele. Ele está desapontado, é claro. A razão é que há vários jogadores na posição dele. E preferi dar chances para Aké, van de Ven e Blind. Isso também me dá a oportunidade de levar outro atacante – explicou o técnico da Oranje em entrevista coletiva.

Outros atletas foram cortados

Maatsen não foi o único jogador comunicado por Koeman de que está fora da Eurocopa. O goleiro Nick Olij, do Sparta Rotterdam, o volante Quinten Timber, do Feyenoord, e Marten De Roon, volante da Atalanta que está machucado, também foram cortados da lista final da Holanda.

Maatsen, do Borussia Dortmund (Foto: Iconsport)

Convocado pela primeira vez em setembro do ano passado, Maatsen nunca atuou em um jogo com a camisa holandesa. Se especulou se seria esse o motivo de Koeman descartá-lo. O técnico negou a possibilidade, e inclusive, abriu a porta para o lateral-esquerdo para o ciclo após a Eurocopa.

– Não tem nada a ver com uma inexperiência na seleção. É bem possível que ele dê esse passo e ganhe mais oportunidades no período após a Eurocopa.

Apesar da frustração para Maatsen e da surpreendente escolha de Koeman, a Holanda chega como um dos times mais fortes para a competição. Antes do início da Eurocopa, a Oranje fará amistosos contra o Canadá, no dia 6 de junho, e frente à seleção da Islândia, no dia 10. Ambos os jogos serão no Estádio De Kuip, em Roterdã. Pelo D do torneio internacional, a Holanda vai estrear em 16 de junho, contra a Polônia, em Hamburgo. No dia 21, o jogo será contra a França, em Leipzig, e o time de Koeman fechará a primeira fase frente à Áustria, no dia 25 de junho.

Confira a lista de convocados da Holanda para a Eurocopa de 2024:

Goleiros: Justin Bijlow (Feyenoord), Mark Flekken (Brentford/ING) e Bart Verbruggen (Brighton/ING)

Defensores: Nathan Ake (Manchester City/ING), Daley Blind (Girona/ESP), Virgil van Dijk (Liverpool/ING), Denzel Dumfries (Internazionale/ITA), Jeremie Frimpong (Bayer Leverkusen/ALE), Lutsharel Geertruida (Feyenoord), Matthijs de Ligt (Bayern de Munique/ALE), Micky van de Ven (Tottenham/ING) e Stefan de Vrij (Internazionale/ITA)

Meio-campistas: Ryan Gravenberch (Liverpool/ING), Frenkie de Jong (Barcelona/ESP), Teun Koopmeiners (Atalanta/ITA), Tijjani Reijnders (Milan/ITA), Jerdy Schouten (PSV), Xavi Simons (RB Leipzig/ALE), Joey Veerman (PSV) e Georginio Wijnaldum (Al Ettifaq/KSA)

Atacantes: Steven Bergwijn (Ajax), Brian Brobbey (Ajax), Memphis Depay (Atlético de Madrid/ESP), Cody Gakpo (Liverpool/ING), Donyell Malen (Borussia Dortmund/ALE) e Wout Weghorst (Hoffenheim/ALE).

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo