Eurocopa 2024

Linha dura! Spaletti quer o tri, e impõe restrições na concentração da Itália para Euro

Algumas das proibições incluem uso de videogames e fones de ouvido durante período antes dos jogos

Atual campeã da Eurocopa, a seleção da Itália começa a sua caminhada em busca de mais um título continental neste sábado, diante da Albânia.

Para garantir a máxima concentração dos atletas em busca deste objetivo, o técnico da equipe, Luciano Spalletti implementou uma série de restrições aos jogadores.

O treinador vetou o uso de fones de ouvido e impôs um horário limite para videogames – meia-noite. Além disso, o celular está terminantemente proibido durante o horário das refeições e nas mesas de massagem.

Pontualidade é fundamental

O calendário de atividades na concentração da Itália segue uma agenda bastante rígida também.

Pontualmente ao meio-dia, os jogadores se reúnem em uma sala para receber orientações técnicas e táticas, almoçam às 12h45, participam de mais um treino na parte da tarde, e jantam às 20h.

No início deste ano, Scamacca, ex-atacante do West Ham e atualmente na Atalanta, entrou em atrito com o treinador por conta do videogame.

Durante a preparação para um minitorneio nos Estados Unidos, o período que o atleta passou com seus jogos irritou o treinador.

“Você (Scamacca) não vem aqui para jogar videogame até as 4h da manhã. A partir de agora eles deixam seus consoles em casa e não vão trazê-los novamente”, proibiu Spalletti.

Campeão com o Napoli, Spalletti utiliza rigidez para levar Itália longe

Vencedor da Série A da temporada 2022/2023, Spaletti substituiu Roberto Mancini, que aceitou o desafio de treinar a seleção da Arábia Saudita.

Em pouco tempo, implementou sua filosofia de jogo na equipe, contribuindo para a classificação italiana para a Eurocopa deste ano.

A Azzurra foi segunda colocada no Grupo C das Eliminatórias, somando 14 pontos em oito jogos, com quatro vitórias, dois empates e duas derrotas, ambas para a Inglaterra. 

Este ano, a Itália disputou quatro jogos, todos amistosos de preparação para a disputa da competição europeia.

Bateu a Venezuela por 2 a 1 e o Equador por 2 a 0 em março, e no mês de junho empatou sem gols contra a Turquia e venceu a Bósnia & Herzegovina por 1 a 0.

Invicta em 2024, a Itália quer manter o bom momento, e conta com o trabalho rígido de Spalletti na concentração para conseguir vencer a Eurocopa pela terceira vez em sua história.

Itália busca terceiro título da Euro em 2024

Campeã em 1968, a Itália chegou perto de vencer o torneio em 2000, mas acabou derrotada pela França, em edição disputada na Bélgica e Holanda.

Foram necessários 52 anos de espera para que a tetracampeã mundial alcançasse o posto mais alto entre as seleções do Velho Continente.

Na Euro 2020, disputada em 2021, a Azzurra encarou a Inglaterra na decisão, e encerrou o longo jejum após vitória nos pênaltis.

 

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Lucas de Souza é jornalista formado pela Universidade São Judas em São Paulo. Possui especialização em Marketing Digital pela Digital House, e passagens pelos sites Futebol na Veia e Futebol Interior.
Botão Voltar ao topo