Eurocopa

Polícia italiana desarmou um artefato explosivo nas proximidades do Estádio Olímpico horas antes do jogo da Euro

Bomba estava num carro nas vias de acesso ao estádio e, segundo as autoridades, corria risco de explosão

Uma bomba foi descoberta nos arredores do Estádio Olímpico de Roma antes da partida entre Itália e Suíça nesta quarta, informa o Corriere dello Sport. O artefato estava num carro estacionado nas proximidades do estádio e foi desarmado pelo esquadrão antibombas da polícia italiana. As autoridades agora investigam a origem do veículo.

A bomba estava colocada em uma das vias de acesso ao Estádio Olímpico, a poucos quilômetros da praça esportiva, num local por onde passavam torcedores rumo ao jogo. As arquibancadas tiveram 25% de público na vitória da Itália. Segundo o Corriere, foram transeuntes que viram fios suspeitos no veículo e denunciaram às autoridades. Cerca de cinco horas antes da partida, a polícia fechou a rua e neutralizou a ameaça. Segundo fontes da polícia, o artefato era rudimentar e não houve explosão.

A bomba estava colocada no carro de Marco Andrea Doria, responsável pela restauração de parques e locais históricos em Roma. Há a possibilidade de que fosse um atentado direcionado. O artefato tinha pólvora e poderia explodir, conforme a informação das forças policiais. Prefeita de Roma, Virginia Raggi expressou sua solidariedade a Marco Doria e sublinhou a seriedade do fato.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo