Eurocopa

Hazard e De Bruyne não tiveram lesões graves, mas são dúvida para jogo contra a Itália

Roberto Martínez disse que a dupla não está necessariamente fora da Eurocopa, mas que presença na sexta é "50/50"

Roberto Martínez, técnico da seleção belga, afirmou que Kevin de Bruyne e Eden Hazard, ambos substituídos por lesão nas oitavas de final contra Portugal no último domingo, não estão necessariamente fora da Eurocopa, mas talvez a próxima partida, contra a Itália, na sexta-feira, seja cedo demais para estarem completamente recuperados.

Segundo o treinador, não houve “danos estruturais”, o que significa que o torneio ainda não acabou para eles, mas será uma corrida contra o tempo para enfrentarem a Itália. Martínez se mostrou otimista que eles estarão plenamente recuperados para uma eventual semifinal. “Teremos que ver em 24 horas como seus corpos vão reagir porque o jogo contra a Itália é sexta-feira. É o único problema. Os dois podem se recuperar se ainda houver (mais) uma partida. As notícias são boas e teremos que trabalhar dia a dia”, afirmou, segundo a RTBF, emissora de televisão pública da Bélgica. “Esperamos recuperá-los de qualquer maneira. Será 50/50 para sexta-feira”.

Hazard sentiu uma lesão muscular na coxa e havia dito que, como capitão, permaneceria com o grupo até o final de qualquer maneira. De Bruyne, que havia perdido a primeira rodada e foi reserva na segunda após passar por cirurgia no rosto pelo choque com Antonio Rüdiger, do Chelsea, na final da Champions League, levou um forte carrinho de Palhinha no primeiro tempo e precisou ser substituído pouco depois do intervalo da vitória belga por 1 a 0 sobre Portugal.

“Lamento porque ele deveria ter parado alguns jogadores antes”, afirmou Martínez, sobre o árbitro da partida, Felix Byrch. “Ele perdeu o controle do jogo. Palhinha deveria ter levado um cartão amarelo quando puxou a camisa de Lukaku. Nesse caso, ele nunca teria entrado em Kevin daquela maneira. Teve grande influência no jogo. Estou um pouco decepcionado com as circunstâncias, mas vencemos o jogo e eles não têm lesões graves”.

Talvez sem dois dos seus principais jogadores com 100% de condições de jogo, a Bélgica tentará aparecer entre os quatro primeiros da Eurocopa pela primeira vez desde 1980, contra a Itália, na próxima sexta-feira, em Munique. Os italianos venceram a Áustria por 2 a 1, na prorrogação, para chegar às quartas de final.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo