EurocopaFrança

Karim Benzema está de volta à seleção francesa depois de cinco anos e irá disputar a Eurocopa

Atacante do Real Madrid foi incluído em lista com 26 nomes divulgada por Didier Deschamps nesta terça-feira (18)

O rumor já pipocava na imprensa local, e a bomba foi logo confirmada. Depois de mais de cinco anos, Karim Benzema está de volta à seleção francesa. O atacante do Real Madrid foi incluído na lista de 26 nomes divulgada por Didier Deschamps nesta terça-feira (18) para a disputa da Eurocopa 2020.

A última vez que Benzema vestiu a camisa dos Bleus aconteceu em outubro de 2015, em amistosos contra a Armênia. Naquele fim de ano, explodiu o escândalo da sextape de Mathieu Valbuena. O então companheiro de seleção de Benzema foi vítima de uma tentativa de chantagem por parte de um indivíduo que teria acesso a um vídeo íntimo do jogador. Amigo de infância de um dos envolvidos, Benzema agiu como um intermediário para resolver a situação. Por seu envolvimento, o atacante do Real Madrid é suspeito de ter incitado Valbuena a pagar os chantagistas e até hoje não viu uma conclusão do caso no tribunal.

O caso em si poderia ter sido suficiente para justificar a decisão de Deschamps não convocar mais Benzema, mas o jogador piorou sua situação ao acusar o técnico de ceder “à parte racista da França” ao desligá-lo da seleção. No rescaldo da declaração, o treinador teve o muro de sua casa pichado com a palavra “racista”.

Um possível retorno de Benzema à seleção francesa tem sido assunto da imprensa local desde então, com o debate aquecendo a cada boa fase do atacante. Com o papel de protagonista que assumiu no Real Madrid nas últimas temporadas, desde a saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus em 2018, isso só se intensificou, e Zinédine Zidane, técnico do camisa 9 no Real, já foi a público diversas vezes defender o retorno de seu jogador ao grupo comandado por Deschamps, seu ex-companheiro de seleção francesa, com quem foi campeão do mundo em 1998.

A lista de 26 nomes de Didier Deschamps divulgada nesta terça-feira traz outra novidade que era bastante aguardada. Jules Koundé, zagueiro do Sevilla, aparece pela primeira vez na convocação da seleção principal. Marcus Thuram, que havia ficado de fora da última relação, também foi chamado, depois de ter sido convocado pela primeira vez apenas em outubro do ano passado.

Confira abaixo a lista de 26 convocados de Didier Deschamps para a disputa da Eurocopa, que acontece entre 11 de junho e 11 de julho.

Goleiros

Hugo Lloris (Tottenham)
Steve Mandanda (Olympique de Marseille)
Mike Maignan (Lille)

Defensores

Benjamin Pavard (Bayern de Munique)
Léo Dubois (Lyon)
Raphaël Varane (Real Madrid)
Kurt Zouma (Chelsea)
Presnel Kimpembe (PSG)
Clément Lenglet (Barcelona)
Lucas Hernández (Bayern)
Lucas Digne (Everton)
Jules Koundé (Sevilla)

Meio-campistas

N’Golo Kanté (Chelsea)
Paul Pogba (Manchester United)
Adrien Rabiot (Juventus)
Corentin Tolisso (Bayern de Munique)
Moussa Sissoko (Tottenham)
Thomas Lemar (Atlético de Madrid)

Atacantes

Marcus Thuram (Borussia Mönchengladbach)
Kingsley Coman (Bayern de Munique)
Kylian Mbappé (PSG)
Antoine Griezmann (Barcelona)
Olivier Giroud (Chelsea)
Karim Benzema (Real Madrid)
Wissam Ben Yedder (Monaco)
Ousmane Dembélé (Barcelona)

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo