Eurocopa

Espanha jamais venceu a Itália em grandes torneios

Se depender do histórico dos confrontos em grandes competições, a Itália pode ficar otimista para a final da Eurocopa. Assim como jamais perdeu para os alemães em grandes torneios, a Azzurra também não sabe o que é derrota para os espanhóis em Eurocopas ou Copas do Mundo, muito embora o retrospecto geral do confronto seja bastante equilibrado.

Em 25 partidas, foram oito vitórias italianas, dez empates e sete triunfos espanhóis, com 29 gols da Itália e 25 da Espanha. Nos quatro jogos em Eurocopas, a Itália levou a melhor apenas uma vez, vencendo por 1 a 0 em 1988, gol marcado por Gianluca Vialli. Nos outros três jogos, empates: 0 a 0 em 1980, na fase de grupos, 0 a 0 em 2008 nas quartas de final (os espanhóis venceram por 4 a 2 nos pênaltis) e 1 a 1 em 2012, na estreia das duas equipes.

Nas Copas do Mundo, a vantagem italiana é maior. Foram apenas três partidas, e duas vitórias da Azzurra. A primeira delas foi por 1 a 0 em 1934, em um jogo extra após empate por 1 a 1. A Itália seria campeã daquele torneio. E 1994, novo triunfo, desta vez por 2 a 1. O jogo ficou marcado pela cotovelada do lateral Mauro Tassotti no rosto do espanhol Luis Enrique nos acréscimos do segundo tempo. No lance, dentro da área, poderia ter marcado um pênalti que, convertido, levaria o jogo para a prorrogação.

A vantagem espanhola é flagrante nos amistosos, com sete vitórias, sete empates e quatro derrotas. O último triunfo dos espanhóis aconteceu em Elche, no dia 26 de março de 2008, quando David Villa fez um golaço de fora da área e garantiu o 1 a 0 no placar. A última vitória italiana foi por 2 a 1, em Bari, no dia 10 de agosto de 2011. Riccardo Montolivo e Alberto Aquilani marcaram os gols italianos, com Xabi Alonso descontando de pênalti.

Três títulos em campo

Na Eurocopa, o retrospecto dos espanhóis é melhor. São dois títulos conquistados. Em 1964, quando sediou o torneio, a Fúria derrotou a União Soviética por 2 a 1 com um gol marcado por Marcelino Martínez aos 39 minutos do segundo tempo. Em 2008, foi a vez de Fernando Torres ser o herói da conquista ao balançar as redes na vitória por 1 a 0 sobre a Alemanha na decisão em Viena.

A Itália só conquistou o título uma vez, em 1968, quando foi anfitriã da competição. Naquela oportunidade, jogou uma final em dois jogos contra a Iugoslávia. Empatou o primeiro por 1 a 1 e venceu a partida extra por 2 a 0 em Roma, com gols marcados por Luigi Riva e Pietro Anastasi.

As duas equipes possuem um vice-campeonato cada, ambos diante da França. A Espanha perdeu para os Bleus por 2 a 0 em 1984, enquanto os italianos foram derrotados por 2 a 1 na morte súbita em 2000. A Itália ainda possui duas semifinais, em 1980 e 1988, contra nenhuma dos espanhóis, que se qualificaram para as semifinais em 1996 e 2000. Em número de participações, a Espanha leva a melhor: 9 a 8.

Afirmação definitiva espanhola ou recuperação italiana?

Campeões da Eurocopa em 1964 e 2008, os espanhóis buscam o título para consagrar definitivamente a geração comandada por Xavi e Andrés Iniesta. O time comandado por Vicente Del Bosque é o adversário a ser batido e já se mostrou mais vulnerável do que em outras competições. A conquista fará com que eles mantenham o status de favoritos para a Copa do Mundo de 2014 e afirmará mais uma vez a eficiência do estilo de jodo da equipe, marcado pela manutenção da posse de bola e pela progressão ao ataque em passes curtos.

Na Itália, o título reforçaria o estereótipo de que a seleção vai bem quando o futebol local está em crise (vide os exemplos de 1982 e 2006). A conquista também representa a recuperação após a fraquíssima campanha na Copa do Mundo de 2010, quando o time foi eliminado na primeira fase sem vencer nenhuma partida. Para campeões mundiais de 2006 como Gianluigi Buffon, Andrea Pirlo e Daniele De Rossi, seria mais uma consagração. Para nomes como Mario Balotelli, Claudio Marchisio e Riccardo Montolivo, a afirmação no cenário internacional. E para Antonio Cassano, a superação após uma delicada cirurgia no coração no fim de 2011.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo