Eurocopa

A imagem do dia na Euro: Tarde demais para não empolgar

Chiellini celebrou a classificação no meio da galera, após uma vitória de enorme peso à Itália

O momento chegou. No duelo mais esperado do torneio até agora, a Itália levou a melhor sobre a Bélgica, jogando bem, ao seu estilo, e explorando os poucos erros do adversário. O triunfo por 2 a 1, que poderia ter sido ainda mais movimentado conforme as chances criadas, abre alas para uma empolgação italiana que não aparece há muito tempo. Não é a só a camisa: a bola também faz brilhar os olhos.

Aqui entre nós, eu e você, amigo leitor: você nunca viu a Itália mostrar tanto assim. Pode não ter os talentos de outrora, estrelas mundiais, mas é um time bastante redondinho, bonito de ver. Por isso a empolgação parece inevitável. Derrotar a Bélgica é uma declaração de poder e de importância no cenário mundial, sobretudo pela forma como se deu.

A Itália estava em festa e quem marcou presença na Allianz Arena, em Munique, mostrou toda a efusividade do momento. Em tempo de pandemia, a imagem chega até a chocar um pouco: uma galera sem máscara, muito próxima, se aglomerando, como se o mundo já tivesse se recuperado do trauma chamado covid-19.

Giorgio Chiellini, o responsável por reger a orquestra defensiva italiana, não coube em tantos abraços. Ele recebeu o calor do público, um calor preocupante, um calor contagiante, sabe? Gerou certa aflição essa proximidade, dado o fato de que o coronavírus ainda não foi erradicado deste planeta.

Contudo, todavia, no entanto, porém, como é que você se contém, nas arquibancadas, após assistir um momento tão apoteótico? E quando o seu capitão está bem na sua frente? O protocolo sanitário vai para as cucuias num arroubo de euforia. Isso a ciência jamais conseguirá explicar com clareza. Quando o ser humano é transbordado pela felicidade mais genuína que o futebol pode proporcionar, talvez caiba um pouco de compreensão por essas transgressões contemporâneas.

Que Chiellini esteja em segurança, livre de qualquer chance de contágio, e possa estar em campo para mais momentos fantásticos como estes que vimos hoje. A Itália está na semifinal, e todo torneio que tem a Itália entre os quatro melhores já tem uma história pronta para ser concluída. Não há seleção que saiba se remontar como essa.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo