Europa

Estes são os 30 jogadores indicados à Bola de Ouro 2021

Quase metade da lista é composta por semifinalistas da Eurocopa; Neymar é o único brasileiro

A revista France Football divulgou nesta sexta-feira os 30 jogadores que concorrem à Bola de Ouro de 2021. Com muitos italianos, espanhóis, ingleses e inclusive um dinamarquês, reflete a Eurocopa. Quase metade da lista é composta por jogadores das quatro semifinalistas.

A campeã Itália lidera com cinco: Leonardo Bonucci e Giorgio Chiellini, claro, o meia Jorginho, que também fez uma grande Champions League pelo Chelsea, o goleiro Gianluigi Donnarumma, um dos heróis do mata-mata, e o meia Nicolò Barella, campeão italiano pela Internazionale.

Harry Kane, Raheem Sterling, Mason Mount e Phil Foden são os representantes da finalista Inglaterra. Pedri, que disputou Euro e Olimpíada, além de ser uma das poucas boas notícias do Barcelona, aparece na relação pela Espanha, ao lado de Gerard Moreno, campeão da Liga Europa pelo Villarreal, e César Azpilicueta, campeão europeu pelo Chelsea.

A Dinamarca colocou o zagueiro Simon Kjaer entre os 30 finalistas. Ele fez uma boa temporada pelo Milan e jogou bem na Euro, mas difícil ignorar o peso da sua assistência a Christian Eriksen naquele jogo contra a Finlândia e a sua postura como capitão da equipe. Por desempenho puro, o mais indicado talvez fosse o goleiro Kasper Schmeichel, um dos destaques da Euro, com outra ótima temporada pelo Leicester e que está incluído nos indicados ao troféu Lev Yashin de melhor goleiro.

A Argentina, campeã da Copa América, tem apenas dois representantes: Messi e Lautaro Martínez. O goleiro Emiliano Martínez, excelente pelo Aston Villa e também um dos principais responsáveis pela quebra do tabu da seleção, concorre ao troféu Yashin. Com destaque reduzido dos brasileiros da Premier League este ano, especialmente os de Manchester City e Liverpool, apenas Neymar aparece entre os finalistas. Ederson concorre ao prêmio de melhor goleiro.

A final da Champions League também está muito presente na lista, com cinco nomes do Manchester City. Além de Sterling e Foden, Riyad Mahrez, Kevin de Bruyne e Rúben Dias, talvez o melhor zagueiro da última temporada. O Chelsea teve Jorginho, Mount, Azpilicueta e, claro, N’Golo Kanté – Romelu Lukaku, que se transferiu durante o ano após comer a bola pela Internazionale.

Entre as ausências mais sentidas, a mais estranha é a de Federico Chiesa, que não apenas salvou uma Juventus em apuros várias vezes, como também foi uma das principais estrelas da reta final da Eurocopa. Joshua Kimmich e Leon Goretzka poderiam reforçar um pouco a representação do Bayern de Munique, que tem apenas Robert Lewandowski entre os finalistas.

Riyad Mahrez (Argélia/Manchester City)
N’Golo Kanté (França/Chelsea)
Erling Halland (Noruega/Borussia Dortmund)
Leonardo Bonucci (Itália/Juventus)
Mason Mount (Inglaterra/Chelsea)
Harry Kane (Inglaterra/Tottenham)
Gianluigi Donnarumma (Itália/Milan e PSG)
Karim Benzema (França/Real Madrid)
Raheem Sterling (Inglaterra/Manchester City)
Nicolò Barella (Itália/Internazionale)
Lionel Messi (Argentina/Barcelona+PSG)
Bruno Fernandes (Portugal/Manchester United)
Pedri (Espanha/Barcelona)
Luka Modric (Croácia/Real Madrid)
Giorgio Chiellini (Itália/Juventus)
Kevin de Bruyne (Bélgica/Manchester City)
Neymar (Brasil/PSG)
Rúben Dias (Portugal/Manchester City)
Lautaro Martínez (Argentina/Internazionale)
Simon Kjaer (Dinamarca/Milan)
Robert Lewandowski (Polônia/Bayern de Munique)
Jorginho (Itália/Chelsea)
Mohamed Salah (Egito/Liverpool)
César Azpilicueta (Espanha/Chelsea)
Romelu Lukaku (Bélgica/Inter e Chelsea)
Cristiano Ronaldo (Portugal/Juventus e Manchester United)
Gerard Moreno (Espanha/Villarreal)
Phil Foden (Inglaterra/Manchester City)
Kylian Mbappé (França/PSG)
Luis Suárez (Uruguai/Atlético de Madrid)

Troféu Lev Yashin

Como todos os times jogam geralmente com apenas um goleiro, nenhum tem mais de um representante entre os dez finalistas ao Troféu Yashin. Quer dizer, com exceção do PSG, que contratou o favorito destacado, Gianluigi Donnarumma, que emergiu da Eurocopa em outro patamar. A Eslovênia, como seleção, tem dois: Jan Oblak e Samir Handanovic. Vale destaque para nomes como Edouard Mendy, campeão europeu pelo Chelsea, Schmeichel, outro destaque da Euro pela Dinamarca, e Emiliano Martínez, da Argentina.

Gianluigi Donnarumma (Itália/Milan e PSG)
Ederson (Brasil/Manchester City)
Kasper Schmeichel (Dinamarca/Leicester)
Edouard Mendy (Senegal/Chelsea)
Thibaut Courtois (Bélgica/Real Madrid)
Keylor Navas (Costa Rica/PSG)
Emiliano Martínez (Argentina/Aston Villa)
Manuel Neuer (Alemanha/Bayern de Munique)
Jan Oblak (Eslovênia/Atlético de Madrid)
Samir Handanovic (Eslovênia/Internazionale)

Troféu Kopa

A briga não deve ser tão boa no Troféu Kopa para o melhor jogador com menos de 21 anos. Embora haja concorrentes fortes, Pedri sai à frente porque é o único que também está entre os 30 finalistas da Bola de Ouro dos adultos. A lista tem uma forte presença da nova geração inglesa, com Bukayo Saka, Mason Greenwood e Jude Bellingham, além do garoto Jamial Musiala, do Bayern de Munique, prestes a explodir.

Mason Grenwood (Inglaterra/Manchester United)
Bukayo Saka (Inglaterra/Arsenal)
Pedri (Espanha/Barcelona)
Jérémy Doku (Bélgica/Rennes)
Ryan Gravenberch (Holanda/Ajax)
Jamal Musiala (Alemanha/Bayern de Munique)
Florian Wirtz (Alemanha/Bayer Leverkusen)
Giovanni Reyna (EUA/Borussia Dortmund)
Nuno Mendes (Portugal/Sporting e PSG)

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo