Europa

Escócia exige desculpas por acusação de racismo

A Associação Escocesa de Futebol (SFA) escreveu para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) exigente desculpas pelas alegações de racismo feitas por Neymar.

O atacante brasileiro deixou o campo reclamando de vaia dos torcedores e da banana atirada em campo, considerando que foi racismo em ambos os casos. A vaia, na verdade, era por ele ter simulado uma falta. Neymar chegou a dizer que “essa atmosfera de racismo é totalmente triste”.

A investigação da polícia de Londres chefgou a um adolescente, que confessou ter atirado a banana em campo após o segundo gol brasileiro.

“Os torcedores escoceses ficaram genuinamente bravos e irritados que as acusações contra eles ameaçaram manchar sua reputação de torcedores justos, bem humorados e respeitosos”, diz o comunicado.

“Como a questão foi resolvida e os torcedores escoceses foram inocentados de qualquer envolvimento, nós sentimos que seria o certo agirmos em nome dos nossos torcedores e exigir desculpas tanto do jogador envolvido quanto da CBF”, diz ainda comunicado.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo