Europa

Dudelange é só festa

A superioridade do F91 Dudelange na BGL League de Luxemburgo deu o título à equipe com seis rodadas de antecedência. O curioso foi que a taça veio após uma derrota para o Jeunesse Esch. Como nenhum adversário ainda com remotas chances de alcançar o líder venceu na rodada, o F91 Dudelange sagrou-se campeão nacional pela 9ª vez na sua história.

“Todos sabemos que o mais importante é o título e nós vamos comemorar com a torcida. Estou muito feliz em ver como esse time cresceu. Dizem que nunca foi visto um futebol assim por aqui antes”, comemorou o técnico do time, Marc Grosjean, em entrevista ao site da UEFA.

Agora a próxima batalha do F91 Dudelange é a UEFA Champions League, pelo menos na fase de classificação. Só que o retrospecto em competições europeias é bem abaixo da média. Somente uma vez, na temporada 2005/06, a equipe conseguiu avançar de fase, quando venceu o Zrinjski Mostar da Bósnia e Herzegovina. O sonho parou no Rapid Vienna.

O treinador, entretanto, está confiante. “Vamos ter um bom período de preparação e 90% do elenco será o mesmo. Temos todas as armas necessárias para passar de fase”, disse Grosjean.

Armênia: Atual campeão Pyunik não larga bem na Superliga

Ainda é cedo para afirmar que o 12º título consecutivo do Pyunik será mesmo alcançado ou se caso será ameaçado. A verdade é que, com quatro rodadas realizadas, o multicampeão não largou bem na Superliga da Armênia. Foram duas vitórias, um empate e uma derrota, que deixam o time na atual quarta colocação.

Quem comemora são Ulisses, Mika e Gandzasar Kapan, os três primeiros na tabela, respectivamente. Os três são os únicos invictos até agora. No geral, Ulisses tem 10 pontos, Mika e Gandzasar Kapan têm oito e o Pyunik soma sete.

Azerbaijão: Neftchi Baku abre seis pontos com 18 ainda em disputa

Restando apenas seis rodadas para o final da Premier League do Azerbaijão, o Neftchi Baku abriu importantes seis pontos para o Khazar Lenkoran e sete para o Qarabag. Com isso, o título deve realmente ficar entre os outros, apesar de que o Neftchi Baku está bem mais próximo.

O que deve dar emoção à disputa é que os três ainda voltam a se enfrentar entre eles. Com isso, as mudanças na tabela podem ocorrer e dar novos rumos ao restante da competição.

Belarus: Tudo igual no início da Premier League

Três jogos não são suficientes para apontar quem vai brigar pelo título em Belarus, mas de qualquer forma surpreende o fato de que o BATE Borisov não esteja na ponta. Com cinco pontos, o favoritíssimo divide a segunda colocação com outros quatro times. Na ponta está o Shakhtyor Soligorsk, que chegou a seis pontos. Ou seja, em três rodadas, já não tem mais nenhuma equipe 100%.

Cazaquistão: Primeira “final” entre Zhetysu e Aktobe definirá liderança

A Premier League do Cazaquistão segue bastante disputada, ao menos no início da competição. Com 15 pontos, Zhetysu Taldykorgan e Aktobe dividem a liderança com 15 pontos. A vantagem para o Zhetysu fica no saldo de gols. Na cola está o Lokomotiv Astana e Irtysh Pavlodar, com 13 e 12 pontos, respectivamente.

A primeira “final” da competição já vem neste fim de semana, quando o Aktobe recebe o Zhetysu. Se o empate não aparecer, alguém sairá do jogo com a liderança isolada. E o perdedor pode até cair para a terceira colocação caso o Lokomotiv Astana vença o Kairat Almaty.

Estônia: Flora de volta aos trilhos

O começo titubeante do Flora na Meistriliiga da Estônia já é coisa do passado. Apesar de ainda não estar na liderança, colocação ocupada pelo Sillamäe, o atual campeão estoniano já somou 14 pontos e só não está na ponta por conta do saldo de gols.

Na sequência aparecem o Trans, Levadia e Nõmme, com 12, 11 e 10 pontos, respectivamente. A pergunta que fica é se o Sillamäe vai aguentar o Flora no encalço por muito tempo.

Ilhas Faroé: Dois brasileiros disputam o campeonato nacional

A bola já rola nos gramados das Ilhas Faroé. Com apenas uma rodada completada e 26 ainda pela frente, o HB Tórshavn arranca em busca do tricampeonato consecutivo e do 22º na história. Por outro lado, o Eb/Streymur quer acabar com a hegemonia e levantar novamente a taça, o que fez em 2008 pela última vez.

Após a primeira rodada, cinco times dividem a liderança: KÍ Klaksvík, B36 Tórshavn, ÍF Fuglafjordur, Eb/Streymur e NSÍ Runavík.

O campeonato conta com a presença de dois jogadores brasileiros. Clayton, que nesta temporada se transferiu para o 07 Vestur, já vai para o seu 9º ano jogando nas Ilhas Faroé. Já Alex Santos, que defende o EB/Streymur, inicia sua 8ª temporada no arquipélago.

Letônia: Liepajas e Daugava disparam

Dois times começaram a mil na Liga da Letônia. O Liepajas e o Daugava só venceram nas três primeiras rodadas e dividem a liderança da competição. O Ventspils e o atual campeão Skonto estão na cola, com seis pontos, só que também com um jogo a menos. A fórmula de disputa, com nove clubes, vai deixar a tabela de classificação sempre com algum time sem jogar na rodada.

Liechtenstein: Lugano deixa Vaduz para trás

O tropeço do Vaduz na última rodada do campeonato suíço da segunda divisão deixou o time de Liechtenstein a três pontos do líder Lugano. O empate contra o Delémont por 1 a 1 decretou a queda de rendimento da equipa na competição, que liderava até quatro rodadas atrás. Como ainda restam oito rodadas para o final, o Vaduz ainda tem boas chances de subir de divisão de forma direta, sem ter que participar dos playoffs.

Lituânia: Ekranas e Suduva na frente

Com quatro rodadas realizadas, o atual campeão Ekranas divide a liderança com o Suduva, ambos com 12 pontos. Na cola aparecem Zalgiris e Siauliai, com nove pontos.

Moldova: Título nas mãos de Dacia Chisinau e Sheriff

Ainda restam sete rodadas para o final do campeonato nacional de Moldova, mas o título não deve escapar do Dacia Chisinau ou do Sheriff. O primeiro soma 73 pontos, três a mais que o adversário. Como os dois não têm mais confronto direto, é cada um por si nessa reta final.

San Marino: Grupo B ainda espera definição

Enquanto no grupo A, já estão classificados Pennarossa, Cosmos e La Fiorita, no grupo B a briga segue acirrada pela terceira vaga. E a definição será na última rodada. Tre Friori e Tre Penne já estão nos playoffs, enquanto o Libertas (34 pontos) e o Murata (32) jogam a vida neste final de semana. O Libertas enfrenta o Tre Penne e o Murata tem que vencer o Folgore e ainda torcer por um tropeço do adversário.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo