Europa

Dortmund 4×1 Real Madrid: o que os personagens disseram

O passeio do Borussia Dortmund por 4 a 1 parece ter caído como uma bomba no elenco madridista. Claramente abalado, o plantel do Real teve em seu porta voz, Sergio Ramos, o ar da decepção por mais um sonho destruído na semifinal da Liga dos Campeões.

Do lado alemão, só festa. A comemoração pelo resultado histórico ainda vai longe na noite aurinegra, inesquecível para seus torcedores que lotaram as arquibancadas do Signal-Iduna Park. Confira as principais declarações dos envolvidos na partida entre Dortmund x Real Madrid

LEIA MAIS
Lewandowski tritura os sonhos do Real na noite de Dortmund

***

Michael Zorc, diretor esportivo do Dortmund: “Foi uma atuação fantástica durante os 90 minutos. Uma vitória merecida, ainda que nós devamos nos culpar pelo gol sofrido. O time consertou o erro no segundo tempo. 4 a 1 é um resultado excelente, mas sabemos que o Real é capaz de marcar muitos gols em casa, portanto, precisamos nos manter focados.”

İlkay Gündoğan, meia do Dortmund: “Foi uma noite majestosa para nós. Poderia ser perfeita se não tivéssemos levado o gol. Porém, é bem difícil obter um resultado melhor que isso diante do Real. Jogamos uma grande partida do início ao fim e merecemos ostentar essa vantagem.”

Robert Lewandowski, centroavante do Dortmund e homem do jogo: “Estou feliz de ter marcado quatro gols, mas obviamente o destaque claramente é alcançar a final, a única coisa que conta. Real jogou bem no primeiro tempo, mas conseguimos assumir o controle na segunda etapa”.

José Mourinho, treinador do Real Madrid: “Eles ganharam todos os duelos individuais. Nós não fomos capazes de responder. Não estou em condições de dizer se foi impedimento ou pênalti nos lances cruciais do segundo tempo. Falar de atitude é difícil, perder assim só me faz pensar que eles não foram capazes.”

Sergio Ramos, capitão do Real: “Faltou atitude e eu tomo o meu exemplo para dizer isso. Será muito difícil reverter isso no Santiago Bernabéu, mas precisamos permanecer confiantes e tentar reagir. Quando o sorteio foi realizado, muitas pessoas disseram que seria fácil para nós, mas estamos falando de uma equipe alemã, eles são um grande elenco.”

Raphael Varane, zagueiro do Real Madrid: “Não esperávamos este resultado. Tínhamos esperança de fazer algo melhor, mais positivo. Chegamos aqui repletos de ambições. Caímos diante de um time muito agressivo, que estava compacto e não nos deu espaço. Lewandowski jogou demais e falhamos em tentar pará-lo. É mais uma falha coletiva do que individual”.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo