Europa

Dez histórias para ficar de olho na última semana da janela de transferências da Europa

A janela de transferências mais maluca dos últimos tempos está chegando ao fim. Quem quiser participar da festa de preços inflacionados tem poucos dias para contratar jogadores – ou repor aqueles que foram vendidos nessa situação. Ainda há muitos pontos soltos. O Barcelona dificilmente parará em Ousmane Dembélé para substituir Neymar. Coutinho ainda interessa, mas o Liverpool recusa-se a vendê-lo e, ao mesmo tempo, precisa de mais reforços. O Borussia Dortmund pode reinvestir o dinheiro que recebeu pelo francês. Além disso, o Paris Saint-Germain segue ativo no mercado, assim como o Chelsea e os clubes italianos, três deles em busca de uma revelação da Sampdoria. A seguir, selecionamos dez histórias para acompanhar na reta final do mercado europeu.

Vermelho ou azul-grená?
Coutinho, do Liverpool (Photo by Jan Kruger/Getty Images)
Coutinho, do Liverpool (Photo by Jan Kruger/Getty Images)

O Liverpool recusou três propostas por Philippe Coutinho. Todas do Barcelona, que identificou o brasileiro como uma das prioridades para gastar a grana que chegou da venda de Neymar para o Paris Saint-Germain. Nessa história toda, houve até um momento curioso: os ingleses receberam a terceira oferta em uma sexta-feira, recusaram-na prontamente, mas o Barça deu 48 horas de prazo para que a diretoria vermelha desse uma resposta final sobre a proposta que ela já havia recusado. A quarta ainda não chegou. Enquanto isso, Coutinho está quieto. Não joga, oficialmente por uma dor nas costas. A imprensa especula que sua última cartada será uma entrevista coletiva, ou qualquer tipo de declaração pública, em que manifestará sua vontade de ir embora. Em janeiro, o meia-atacante assinou contrato de cinco anos, sem multa rescisória.

Cofre cheio
Dembélé, do Borussia Dortmund (Foto: Getty Images)
Dembélé, do Borussia Dortmund (Foto: Getty Images)

O Borussia Dortmund contratou Ousmane Dembélé por € 15 milhões, um ano atrás, e acabou de vendê-lo por € 105 milhões, com mais € 42 milhões em variáveis. Foi um bom investimento. Agora, o clube alemão tem uma semana para decidir se usará esse dinheiro para buscar reforços ou o colocará no banco (financeiro, não de reservas), esperando essa bolha de valores inflacionados estourar. Até porque não há uma necessidade imediata. Titular em aproximadamente metade das partidas da última temporada, Pulisic, 18 anos, começou muito bem e pode ocupar o lado direito do ataque da equipe treinada por Peter Bosz.

Insaciável
Mbappé, do Monaco (Foto: Getty Images)
Mbappé, do Monaco (Foto: Getty Images)

Seria de se imaginar que um time já muito forte que contrata um jogador por € 222 milhões daria uma folga para o contador nas últimas semanas da janela de transferências, mas o Paris Saint-Germain segue dedicado na sua missão de testar os limites do Fair Play Financeiro. O clube está muito próximo de contratar Mbappé, do Monaco, por mais € 150 milhões, e ainda quer Fabinho. Pensa em envolver jogadores nesses negócios.

Paris é uma via de duas mãos
Lucas comemora: ele foi bem na goleada do PSG sobre o Toulouse (AP Photo/Thibault Camus)
Lucas, do PSG (AP Photo/Thibault Camus)

Mesmo todo o dinheiro que o Paris Saint-Germain tem à disposição não é o bastante para modificar as regras do futebol. Unai Emery só pode escalar onze jogadores por partida e muita gente vai sobrar. Há nomes cobiçados por outras equipes, como Lucas Moura e Gonçalo Guedes, que podem ser envolvidos nos negócios que o PSG ainda quer fazer, ou vendidos para diminuir o prejuízo, pensando no Fair Play Financeiro. Draxler, que chegou em janeiro, é outro que pode rodar, até porque os franceses receberiam uma boa grana pelo bom futebol do alemão. E ainda tem jogadores periféricos, como Hatem Ben Arfa que, se já não jogou muito na temporada passada, nem sentirá o cheiro da grama neste novo elenco parisiense.

Chelsea quer ingleses
Ross Barkley, do Everton (Foto: Getty Images)
Ross Barkley, do Everton (Foto: Getty Images)

Ronald Koeman entendeu a mensagem quando Ross Barkley recusou-se a renovar o seu contrato. O meia inglês de 23 anos está no último ano do seu vínculo e busca um novo desafio. O Everton, agora, precisa buscar a melhor proposta pelos serviços de seu jogador. O Tottenham está de olho, mas o Chelsea aparece mais forte para levar Barkley. Conte ainda planeja mais algumas contratações nessa reta final de janela, todas envolvendo jogadores ingleses: além de Barkley, Drinkwater, do Leicester, e Chamberlain, do Arsenal, outro que está no último ano do seu contrato e não pretende renová-lo.

Chega?
Salah, do Liverpool
Salah, do Liverpool

A expectativa do Liverpool era por um mercado de transferências movimentado. Chegaram três jogadores: Mohamed Salah, Dominic Solanke e Andy Robertson. Um nome forte e duas apostas. A diretoria falhou nas tentativas de trazer Virgil Van Dijk, do Southampton, e Naby Keita, do RB Leipzig. O zagueiro holandês vem treinando em separado e já enviou um pedido de transferências oficial para a diretoria que, no entanto, segue relutante em vendê-lo. Klopp não parece inclinado a aceitar alternativas para as posições que precisa reforçar – pelo jeito, defesa e meio-campo. O técnico alemão afirmou, nesta sexta-feira, que ainda pode rolar negócio até o fim da janela de transferências, mas deixou tudo muito aberto. “Estamos conversando. Vai acontecer alguma coisa? Não sei. Obviamente, é uma janela de transferências diferente de todas as outras. Vamos ver o que acontece. Estou feliz no momento. Ainda estarei feliz em 31 de agosto? Não tenho certeza. Estarei mais feliz? Possivelmente. Não é sobre dinheiro. Algumas vezes é possível ou não é possível”, disse.

PSG x Barça, de novo

seri

O Barcelona estava próximo de concretizar a compra de Jean Seri, do Nice, por € 30 milhões, mais € 10 milhões em variáveis. No entanto, o Paris Saint-Germain apareceu com uma proposta maior, e agora o clube francês elevou o preço para vendê-lo aos catalães. Segundo o agente do jogador, o PSG fez isso apenas para incomodar o Barça. De qualquer maneira, as negociações devem seguir durante a próxima semana. Seri também foi ligado a clubes ingleses, como Arsenal, Liverpool e Tottenham.

E agora, Antonio?
Diego Costa, do Chelsea (Photo by Mike Hewitt/Getty Images)
Diego Costa, do Chelsea (Photo by Mike Hewitt/Getty Images)

Antonio Conte informou Diego Costa, por mensagem de texto, que não conta mais com o artilheiro, mas o destino do jogador ainda é certo. Seu desejo é retornar para o Atlético de Madrid, que passa por um embargo de transferências e não pode contratar até janeiro. Ficar seis meses parado seria ruim para Costa, que quer disputar a Copa do Mundo do ano que vem. Ainda não apareceu ninguém disposto a ser barriga de aluguel. O Milan surgiu como um possível interessado. Sem sucesso. A nova especulação é o Everton, que busca contratar um atacante antes do fim do mês. Ronald Koeman afirmou que Costa seria “bem-vindo” em Goodison Park.

Quem vai ficar com Schick?
schick
Schick chegou a fazer exames médicos na Juventus nesta janela

Todo mundo quer Patrik Schick. Ninguém consegue contratá-lo. O jovem tcheco chegou a fazer exames médicos na Juventus, mas um problema no coração fez com que a negociação fosse abortada. A Velha Senhora parece estar interessada novamente, mas a sua proposta de aproximadamente € 30 milhões foi superada por Roma e Internazionale, ambas oferecendo valores mais próximos de € 40 milhões. A Sampdoria quer fazer negócio. Mas Schick aparentemente quer jogar pelo time de Turim. Temos um impasse.

Talentos brasileiros
Luan, do Grêmio (Photo by Lucas Uebel/Getty Images)
Luan, do Grêmio (Photo by Lucas Uebel/Getty Images)

Spartak Moscow, Sampdoria, Atlético de Madrid. Vários clubes estão interessados no futebol de Luan, e o Grêmio está propenso a vendê-lo para fazer caixa. Mas nenhum negócio foi fechado por enquanto, e a janela está fechando. Outro jogador com potencial de futebol europeu e de seleção brasileira é Guilherme Arana. Bayer Leverkusen, Sporting e Bordeaux estiveram ligados ao lateral esquerdo do líder do Brasileirão. O jogador já afirmou que fica no Corinthians pelo menos até o final do ano.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo