EuropaLiga Europa

De arrepiar: Atacante cai em lágrimas diante da festa da torcida do Estrela Vermelha

A torcida do Estrela Vermelha é reconhecida por ser uma das mais impressionantes da Europa. Independentemente dos episódios controversos que já a envolveram, a Delije protagoniza espetáculos a cada jogo no Marakana. E não foi diferente nesta quinta-feira, pela Liga Europa. Os alvirrubros se incendiaram antes, durante e (principalmente) depois da vitória sobre o Krasnodar, que valeu a classificação à fase de grupos – o que não acontecia há dez anos. A cena hipnotizadora levou um dos principais jogadores do clube às lágimas. Richmond Boakye chorou copiosamente diante da comemoração que se agigantava nas arquibancadas.

Boakye passou em branco, mas foi importante durante o triunfo por 2 a 1 sobre os russos. O ganês brigou bastante no ataque e viu seus companheiros marcarem dois gols. O Krasnodar descontou aos 37 do segundo tempo, mas ainda assim o placar de 2 a 1 era útil aos sérvios, graças aos gols fora, com a derrota por 3 a 2 na visita à Rússia. Já nos minutos finais, o goleiro Milan Borjan realizou uma defesa excepcional, o suficiente para classificar os alvirrubros.

Ao apito final, Boakye foi agradecer a torcida e se ajoelhou para apreciar o espetáculo da curva. Caiu em prantos e foi consolado justamente por Borjan. O ganês atravessa boa fase desde que chegou a Belgrado, no início do ano. Ex-jogador de Sassuolo e Juventus, entre outros clubes, o atacante anotou 25 gols em 30 partidas pelo Estrela Vermelha, incluindo sete tentos em oito jogos pelas preliminares da Liga Europa. E a demonstração de paixão perante a torcida deve elevar ainda mais sua idolatria.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo