Europa

Cristiano Ronaldo: “Nos cinco anos que estive no United, aprendi a arte do futebol”

Foi no Manchester United onde Cristiano Ronaldo elevou sua carreira aos mais altos patamares que um jogador deseja chegar. Lá, ele sentiu o gosto de estar no topo da Inglaterra, no topo da Europa e no topo do mundo do futebol, sendo apontado como melhor jogador do planeta pela primeira vez quando usava a camisa vermelha. Mas, acima de todos os títulos e conquistas individuais, foi lá em que ele aprendeu a “arte do futebol”, segundo o próprio português. Arte esta que foi precursora de tudo o que ele alcançou.

VEJA TAMBÉM: O “não” de Marcelo Salas impediu que a Juventus contratasse Cristiano Ronaldo em 2002

“Alex Ferguson foi como um pai para mim no futebol. Aprendi muitas coisas no Manchester United. E não somente com o técnico, mas também com os jogadores”, relembra Cristiano Ronaldo no capítulo 4 de uma série de vídeos produzidos pela Nike, patrocinadora do atleta. “Eu melhorei não somente minhas habilidades, como também meu corpo. Todo ano eu melhorava alguma coisa em mim. Minha educação no futebol me diz que sempre tenho algo a aprender. Nos cincos anos em que estive no United, aprendi a arte do futebol. Foi um sonho para mim”.

Cristiano aterrissou em Manchester bem novo, com 18 anos, que nem ele recorda no vídeo. E já chegou com a responsabilidade de vestir a camisa 7, herdada por George Best, Eric Cantona e David Beckham. “Fiquei surpreso quando Ferguson me pediu para vestir a 7, porque eu sabia quem eram os caras que tinham vestido aquela camisa. Aceitei o desafio, e foi ótimo. Foi o começo do meu sucesso no futebol, e também foi, de longe, um dos momentos mais bonitos da minha carreira”, confessa o hoje jogador do Real Madrid.

O português estreou pelo United no dia 16 de agosto de 2003, substituindo Nicky Butt aos 16 minutos do segundo tempo da partida contra o Bolton Wanderers. Foi o primeiro jogo dos Red Devils na temporada de 2003/04 da Premier League, na qual ficaram em terceiro lugar na classificação ao final do campeonato. E o primeiro dos 292 jogos que fez pelo United. O gajo, porém, teve que esperar até novembro para marcar o primeiro dos seus 118 gols com a camisa do time vermelho de Manchester.

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo