Conference League

Resumão da Conference: Roma e Tottenham cumprem o esperado, enquanto Feyenoord e Rennes conquistam vitórias de peso

Feyenoord e Rennes registraram os dois resultados de mais peso da rodada, batendo Slavia Praga e Vitesse

A Conference League contou com vitórias seguras dos principais favoritos nesta quinta-feira. A Roma mais uma vez ganhou com placar dilatado, enquanto o Tottenham goleou em seu primeiro triunfo na competição. A segunda rodada, porém, também teve outros resultados notáveis de times tradicionais. O Feyenoord assegurou uma vitória importante contra o Slavia Praga em Roterdã, enquanto o Rennes derrotou o Vitesse de virada fora de casa. Destaque também ao Union Berlim, que conquistou diante do Maccabi Haifa seu primeiro triunfo na fase de grupos de uma copa europeia. Abaixo, o resumão grupo a grupo.

O Grupo A teve como grande destaque a vitória do HJK Helsinque, que bateu o Alashkert por 4 a 2 na visita à Armênia. Riku Riski, Filip Valencic, Roope Riski e Anthony Olusanya marcaram os gols dos finlandeses, com Jose Embalo e Aleksandar Glisic assinalando aos armênios. Os anfitriões, porém, foram atrapalhados por uma expulsão ainda no primeiro tempo. O HJK soma os primeiros três pontos, enquanto Maccabi Tel Aviv e LASK Linz aparecem à frente com quatro. Os dois favoritos da chave empataram por 1 a 1 na Áustria. O LASK marcou primeiro com Sascha Horvath, mas Eden Shamir empatou para o Maccabi no fim.

Dois times somam seis pontos no Grupo B. Um deles é o Partizan Belgrado, que fez 2 a 0 contra o Flora Tallinn. O rodado Lazar Markovic marcou os dois gols alvinegros na Sérvia. O Partizan divide a ponta com o Gent, que também anotou 2 a 0 diante do Anorthosis Famagusta. Pavlos Korrea (contra) e Sven Kums assinalaram os tentos dos anfitriões na Bélgica.

A favorita Roma venceu a segunda no Grupo C. Mesmo visitando a Ucrânia, os giallorossi se impuseram contra o Zorya Luhansk e ganharam por 3 a 0. Stephan El Shaarawy abriu o placar logo aos sete minutos. Os outros tentos vieram apenas na segunda etapa, com Chris Smalling e Tammy Abraham. A segunda colocação é do Bodo/Glimt, com quatro pontos, após o empate por 0 a 0 na visita ao CSKA Sofia. Os búlgaros têm um ponto, enquanto o Zorya permanece zerado.

Uma das chaves mais equilibradas é o Grupo D. O AZ chegou aos quatro pontos, ao derrotar o Jablonec por 1 a 0 em Alkmaar. Albert Gudmundsson decidiu a parada. Os tchecos continuam na segunda posição, com três pontos, já que Cluj e Randers empataram por 1 a 1 na Romênia. Os dinamarqueses até fizeram o primeiro com Alhaji Kamara, mas Claudiu Petrila deixou tudo igual aos anfitriões.

O Feyenoord emplacou um baita resultado no Grupo E, ao ganhar do Slavia Praga por 2 a 1 no Estádio De Kuip. O primeiro tempo foi dominado pelos holandeses, com gols de Orkun Kokçu e Bryan Linssen. Os tchecos até pressionaram na segunda etapa, mas Tomás Holes apenas descontou. Já no Estádio Olímpico, o Union Berlim fez grande partida e assegurou sua primeira vitória, ao atropelar o Maccabi Haifa por 3 a 0. Andreas Voglsammer marcou no primeiro tempo, enquanto Kevin Behrens e Taiwo Awoniyi fecharam a conta na segunda etapa. A embolada classificação tem o Feyenoord com quatro pontos, enquanto Slavia e Union somam três, além do Maccabi com um.

O Copenhague é mais um a cumprir seu dever e chegar com seis pontos no Grupo F. Os dinamarqueses ganharam do Lincoln Red Imps por 3 a 1 no Estádio Parken, mas sem tanta tranquilidade. Roy Chipolina marcou contra e Marco Rosa até empatou aos gibraltarinos com um golaço. Jonas Wind e Jens Stage, no entanto, garantiram o triunfo dos anfitriões. Na Grécia, PAOK e Slovan Bratislava empataram por 1 a 1. Chuba Akpom fez para os tessalonicenses, enquanto Andre Green empatou aos eslovacos. O PAOK é o segundo, com quatro pontos.

O Tottenham passeou contra o Mura, ao atropelar por 5 a 1 em Londres. Dele Alli e Giovani Lo Celso fizeram os dois primeiros com menos de dez minutos, mas os eslovenos até descontaram com um golaço no começo da segunda etapa. Harry Kane, porém, saiu do banco e fechou a conta com uma tripleta. No jogo paralelo, resultadaço do Rennes na visita ao Vitesse, com o triunfo por 2 a 1. Maximilian Wittek anotou uma pintura aos aurinegros, mas Sehrou Guirassy e Kamaldeen Sulemana viraram no segundo tempo. Os franceses ainda tiveram que se segurar com um a menos, após a expulsão de Löic Badé. Tottenham e Rennes somam quatro pontos, contra três do Vitesse.

Por fim, no Grupo H, o Basel ganhou do Kairat Almaty por 4 a 2 na Suíça. Imparável neste início de temporada, o brasileiro Arthur Cabral abriu o placar para a sua equipe, antes de Michael Lang (duas vezes) e Dan Ndoye dilatarem a goleada. O Kairat descontou na segunda etapa, com José Kanté e Ricardo Alves. Vagner Love foi titular. O Basel tem quatro pontos, igualado ao Qarabag. Os azeris detonaram o Omonia Nicósia por 4 a 1 no Chipre, com uma série de lindos gols. Os cipriotas terminaram o primeiro tempo em vantagem, com Jan Lecjaks. Na segunda etapa, o Qarabag marcou com Kady (duas vezes), Ramil Sheydaev e Maksim Medvedev.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo