Champions LeagueInglaterra

Tuchel lamenta eliminação do Chelsea: “Tivemos azar. Fomos vencidos por pura qualidade individual”

Técnico do Chelsea, Thomas Tuchel lamenta a eliminação na Champions League e comenta que a equipe teve azar contra o Real Madrid

O jogo do Chelsea contra o Real Madrid foi histórico. Tinha tudo para ser heroico também, já que os ingleses chegaram a abrir 3 a 0 no Estádio Santiago Bernabéu e conseguia a classificação no tempo normal, mas acabou sofrendo um gol, o jogo foi para a prorrogação e acabou perdendo a classificação, tomando outro gol, em um jogo que terminou em 3 a 2. Thomas Tuchel lamentou a eliminação, mas elogiou a atuação da equipe em Madri.

“Jogamos uma partida fantástica. Merecemos o que fizemos. Marcamos quatro gols (um anulado), tivemos grandes chances para marcar mais. Tivemos azar. Fomos vencidos por pura qualidade individual e conversão ofensiva”, afirmou Tuchel depois do jogo.

“Fomos muito disciplinados com a bola e muito ativos sem a bola. Mostramos muita coragem e de lá mostramos a qualidade. Foi o modo certo de fazer isso. Estou muito feliz. Este era o modo de avançar. Se tivemos esse tipo de esforço, somos um time especial e se não, podemos perder de qualquer um. Eles mostraram muita personalidade. Estamos muito orgulhosos”, afirmou ainda o treinador.

O zagueiro Antonio Rüdiger foi um dos grandes destaques da partida, mesmo com a derrota do Chelsea. Defensivamente, primeiramente, mas também defensivamente, o alemão fez um grande jogo e ele comentou sobre os pontos positivos depois da partida.

“O ponto positivo é que não desistimos. Não são muitos times que podem vir aqui e dominá-los como nós fizemos. Ao longo dos dois jogos, se você comete os tipos de erros que cometemos, você é punido. Controlamos o jogo e não entramos em pânico. Acho que nós fomos muito bem. No segundo tempo, marcamos gols e fizemos tudo que podíamos”, afirmou Rüdiger.

O Chelsea ainda tem muito o que jogar nesta temporada. O Chelsea é o terceiro colocado na Premier League, bem longe da disputa pelo título — está 11 pontos atrás do Liverpool, atual segundo colocado. Está em uma boa posição para ficar entre os quatro primeiros e voltar à Champions League e ainda tem a Copa da Inglaterra, em que joga contra o Crystal Palace na semifinal e, se vencer, como é favorito, enfrenta o vencedor de Liverpool e Manchester City.

Apesar da decepção pela eliminação, o Chelsea segue como um time muito forte. Ainda terá que lidar com a troca de dono, mas é possível que isso seja até positivo, em algum momento.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo