Champions League

Essa é nossa seleção das oitavas de final da Champions League

Kylian Mbappé foi o maior destaque desta da Champions League, marcando três dos quatro gols do PSG diante da Real Sociedad

Passamos pelas oitavas de final da Champions League e restam agora oito clubes na disputa da principal competição de clubes da Europa. A definição dos classificados só deixou peso pesado para as quartas: Real Madrid, Atlético de Madrid, Barcelona, Manchester City, Arsenal, Borussia Dortmund, Bayern de Munique e Paris Saint-Germain. O sorteio da próxima fase acontece já nesta sexta-feira (15). A cada ano que passa, um dos torneios mais aclamados por quem ama o futebol surpreende aqueles que torcem ou quem apenas apreciam o desfile dos melhores jogadores do mundo em campo. Falando nos principais atletas, a equipe de redação da Trivela elaborou a sua seleção de craques das oitavas da competição.

Cada redator montou sua própria formação, mais o seu respectivo treinador. Entre os jogadores mais escalados estão Jan Oblak, goleiro que foi fundamental na classificação do Atlético de Madrid contra a Internazionale, defendendo duas cobranças na série de penalidades máximas, e Kylian Mbappé, que deitou e rolou diante da Real Sociedad, marcando três dos quatro gols do PSG. Confira abaixo a escalação escolhida por cada um dos nossos especialistas e a seleção geral das oitavas de final da Champions League.

Vale destacar que para padronizar e facilitar o entendimento do leitor, todos os redatores da Trivela escalaram a sua equipe no 4-3-3 e, em algumas formações, chegaram até a fazer algumas improvisações para encaixar os craques em cada um dos times.

Seleção de Carlos Vinicius

Oblak; Kimmich, Ronald Araújo, Pepe e Dimarco. Rodri, Gundogan e Kroos; Mbappé, Sané e Kane. Técnico: Xavi Hernández.

— É difícil fugir de Kylian Mbappé como o principal destaque das oitavas de final da Champions quando levamos em consideração os dois confrontos. Na ida, no Parque dos Príncipes, o atacante abriu o placar, já no segundo tempo, em um jogo que estava muito difícil para o Paris Saint-Germain. Decisivo e daqueles que nunca se esconde nos momentos de dificuldade, marcou os dois gols da partida de volta e liquidou completamente a Real Sociedad.

Seleção de Guilherme Calvano

Lunin; Hakimi, Cubarsí, Beraldo e João Cancelo; Gundogan, Odegaard e Griezmann; Mbappé, Sancho e Harry Kane. Técnico: Diego Simeone.

— Dos citados, os que merecem mais destaque são Lunin, Cubarsí, Mbappé e Harry Kane. O arqueiro do Real Madrid fechou o gol no jogo da volta e impediu uma virada do RB Leipzig em pleno Bernabéu. Já o jovem zagueiro do Barcelona, mesmo com pouca idade, esbanjou segurança, solidez e maturidade em sua primeira noite de Champions. No ataque, Mbappé e Kane mostraram mais uma vez poder de decisão e colocaram PSG e Bayern de Munique, respectivamente, nas quartas de final.

Seleção de Vanderson Pimentel

Oblak; Kimmich, Orban, Akanji, Dimarco; Rodri, Odegaard e Gundogan; Mbappé, Kane e Griezmann. Técnico: Pep Guardiola.

— Passamos pelas oitavas de final da Champions League. No fim, se classificaram praticamente todos os favoritos, e a exceção foi o Atlético de Madrid, que buscou uma virada incrível no Cívitas Metropolitano contra a Internazionale. Na linha, Antoine Griezmann fez o gol de empate e criou algumas das principais jogadas, mostrando porque é o maior artilheiro da história colchonera. E nos pênaltis, Jan Oblak brilhou. O goleiro, que nunca tinha defendido nenhuma cobrança por competições europeias, pegou logo duas para assegurar a classificação às quartas de seu time.

— Mas dentre todos os destaques, nenhum supera Kylian Mbappé. Ambos os jogos contra a Real Sociedad foram depois de sua conversa com o presidente do PSG, em que anunciou seu desejo de não renovar o contrato. Mas mesmo assim, ele mostrou que até o último dia dará o seu melhor. Autor de 3 dos 4 gols que o PSG fez na Real Sociedad, ele segue mostrando que antes do definitivo adeus, tentará levar a equipe à inédita conquista da Champions League.

Seleção de Lucas de Souza

Oblak; Kimmich, Akanji, De Ligt e Cancelo; Koke, Gundogan e Odegaard; Griezmann, Lewandowski e Mbappé. Técnico: Mikel Arteta.

— Se para nossa equipe é unanimidade que Mbappé tenha sido o destaque destas oitavas de final, não será eu que vai pensar diferente e vou reiterar tal opinião, dizendo como o francês foi importante para a classificação do PSG para as quartas de final da Champions League. Em torneios mata-mata a individualidade faz a diferença e o atacante em grande nível pode levar o Paris Saint-Germain bem longe na principal competição de clubes da Europa.

Seleção de Matheus Cristianini

Oblak; Kimmich, Rúben Dias, De Ligt e Guerreiro; Rodri, Gundogan e Fabian Ruiz; Mbappe, Kane e Griezmann. Técnico: Diego Simeone.

— A seleção das oitavas de final da Champions League não poderia começar sem a muralha Oblak, que foi fundamental para a classificação do Atlético de Madrid por impedir a vitória da Internazionale com a bola rolando e nos pênaltis. As laterais do Bayern de Munique também foram fundamentais para a virada sobre a Lazio. Gundogan foi o regente do meio-campo do Barcelona. No ataque, três nomes que fizeram a diferença para suas equipes avançarem às quartas de final. Destaque para Mbappé, que, como sempre, resolveu a parada.

— Para fechar, Diego Simeone foi o técnico das oitavas de final da Champions League por conseguir anular a toda poderosa Internazionale de Simone Inzaghi, um dos treinadores a serem batidos no futebol europeu hoje. A estratégia do Atlético de Madrid se pagou dentro de campo no confronto mais equilibrado das oitavas.

Foto de Lucas de Souza

Lucas de Souza

Esse é Lucas de Souza, redator e repórter do Futebol na Veia e da Trivela. Jornalista especializado em Marketing digital é também narrador do Portal Futebol Interior e da RP2Marketing.
Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de eSports no The Clutch. Além disso, atuou como assessor de imprensa no setor público e privado.
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo