Champions League

Lautaro isola pênalti final, Atlético de Madrid exala valentia e despacha poderosa Internazionale da Champions

Um verdadeiro jogaço de oitavas de final da Champions League reservou a classificação do Atlético de Madrid sobre a Internazionale

Nesta quarta-feira (13), a Internazionale foi eliminada pelo Atlético de Madrid nas oitavas de final da Champions League, nos pênaltis, após perder por 2 x 1, no tempo regulamentar, no Metropolitano. Vale lembrar que, na ida, os Nerazzurri venceram por 1 x 0. Agora, os Colchoneros esperam a definição de seu próximo adversário, que será escolhido via sorteio na Uefa na próxima sexta-feira (15).

Fato é que Diego Simeone e Simone Inzaghi fizeram um verdadeiro jogaço, digno de uma decisão na Champions League. Os Nerazzurri fizeram seu jogo, que tem sido praticamente imbatível na Itália. Entretanto, os espanhóis Rojiblancos conseguiram massacrar a defesa adversária para se classificar às quartas de final do torneio. Saiba tudo o que aconteceu na partida aqui na Trivela.

Como foi Atlético de Madrid x Internazionale pela Champions League

Precisando do resultado, o Atlético de Madrid partiu para cima da Internazionale, segurando a posse de bola em seu campo de ataque. A Internazionale, por sua vez, fechou bem defesa para não tomar gols. Enquanto os Colchoneros tentaram fuzilar o gol, os Nerazzurri apostaram nos contra-ataques para levar perigo ao adversário. Uma partida à altura de uma oitavas de final de Champions League.

Com um futebol de qualidade, rápido e moderno, as equipes davam indícios de que não ficaria no zero por muito tempo. E quem abriu o placar foi a Inter, com uma de suas marcas registradas. Em uma rápida transição ofensiva, Barella foi para o lado esquerdo da área, possibilitando a infiltração de Dimarco. O garçom então rolou a bola para trás, encontrando o goleador para castigar o Atlético de Madrid.

Contudo, nem deu muito tempo para os Nerazzurri comemorarem, pois os Colchoneros empataram quase no lance seguinte. Em um raro erro defensivo, cujo papelão foi protagonizado por Pavard, Griezmann não perdoou e mandou para o fundo da rede sem muitas dificuldades, quase na pequena área. E isso foi tudo de um bom 1º tempo até a ida para o intervalo.

Haja coração

O 2º tempo pode ser resumido ao famoso “teste pra cardíaco”. Ainda sem se desesperar, o Atlético de Madrid continuou em cima da Internazionale, criando chances de gol para, ao menos, buscar a prorrogação. A questão é que os Nerazzurri sabem montar uma verdadeira barreira lá atrás, o que dificultou (e muito) a vida dos Colchoneros lá na frente. E até o apito final, os torcedores dos ambos os times tiveram motivos para passar nervoso.

Primeiro, a Inter de Milão teve, pelo menos, dois contra-ataques para matar a partida, mas os atacantes perderam o gol cara a cara com o goleiro. Já o Atlético de Madrid chegou a acertar o pé da trave perto dos acréscimos finais. E quando tudo parecia que estava resolvido, os Colchoneros finalmente chegaram ao gol com Depay, em mais uma falha da zaga dos Nerazzurri.

Dali para frente, o Atlético de Madrid foi para o tudo ou nada contra a Internazionale. E se os Nerazzurri desperdiçaram oportunidades claras de gol, os Colchoneros fizeram o mesmo. Literalmente no último lance, Griezmann encontrou Riquelme sozinho dentro da grande área. Mesmo desmarcado, ele conseguiu mandar a bola para a lua, o que levou a decisão por uma vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Prorrogação e pênaltis

A prorrogação seguiu o mesmo roteiro: o Atlético de Madrid louco por um golzinho, maltratando a defesa do rival, enquanto a Internazionale continuou apostando em contra-ataques, mas também diminuindo o ímpeto do adversário. Uma cena (no mínimo) curiosa foi quando Thuram apertou a região genital de Savic. Apesar disso, o VAR não interferiu.

Como ninguém conseguiu fazer um golzinho, a decisão das oitavas da Champions League foi para os pênaltis. Os goleiros brilharam, mas Oblak foi quem sorriu no final ao pegar dois pênaltis da Internazionale. Sommer ainda defendeu uma cobrança do Atlético de Madrid, porém, isso não foi suficiente para os Nerazzurri, já que Lautaro Martínez também desperdiçou sua batida.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo