Champions League

Salah marca novamente e vem se provando uma grande contratação para o Liverpool

A principal crítica ao trabalho de Jürgen Klopp à frente do Liverpool é sua atuação no mercado de transferências. A torcida irrita-se com o baixo número de contratações, apesar de haver dinheiro, principalmente quando o assunto é a defesa. Mas, quando o técnico alemão foi às compras, retornou com grandes jogadores. Um deles foi Sadio Mané. O outro tem sido Mohamed Salah, autor do gol mais importante da vitória por 3 a 0 sobre o Maribor, nesta quarta-feira, pela Champions League.

LEIA MAIS: Klopp conta que “chorou que nem um bebê” com acesso do Huddersfield do amigo Wagner

Depois do 7 a 0 na Eslovênia, o Maribor esforçou-se bastante para não levar outra sapatada em Anfield. Estacionou o tal do ônibus no campo de defesa e dificultou a vida do Liverpool, sem dois dos seus jogadores mais criativos – Coutinho e Mané, machucados. O primeiro tempo terminou zerado. Mas, logo no começo do segundo, Salah apareceu para desviar o cruzamento de Alexander-Arnold e aliviar a vida dos Reds.

Já é o décimo gol do egípcio contratado por £ 37 milhões no seu retorno à Inglaterra – teve uma passagem apagada pelo Chelsea, antes de se mudar para a Itália e brilhar com a camisa da Roma. Se o começo da temporada do Liverpool é oscilante, o desempenho de Salah tem sido muito sólido: marcou em cinco das dez rodadas da Premier League e em três das quatro partidas da Champions.

Depois do gol de Salah, a porteira abriu para o Liverpool, que ampliou com um belo gol de Emre Can, que tabelou com Milner e bateu no canto. Sturridge fechou o placar, nos minutos finais, e Milner ainda desperdiçou um pênalti.

Oito pontos para o time treinado por Klopp, que está na liderança do Grupo E, com um a mais que o Sevilla e a três do Spartak Moscou. Resolverá sua vida nas próximas duas rodadas enfrentando os dois adversários mais difíceis da chave: pega os espanhóis fora de casa e os russos em Anfield.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo