Champions League

Golaço de Rodrygo e show de Bellingham: Real Madrid se impôs contra o Napoli no Bernabéu

Bellingham brilhou com gol e assistência, enquanto Rodrygo também foi bem e marcou um golaço para manter 100% do Real Madrid; Napoli precisa de um ponto para classificar

O Real Madrid conseguiu manter o seu aproveitamento perfeito de pontos na Champions League e contou com seus dois principais jogadores nos últimos jogos. Jogando no Santiago Bernabéu, oi Real Madrid venceu por 4 a 2 o Napoli, garantiu o primeiro lugar da chave e obriga os italianos a ao menos empatarem para ficarem com a segunda vaga neste grupo.

O time merengue contou com mais uma grande atuação do inglês Jude Bellingham, que fez um gol e uma assistência e tem um início de recorde, com número superior a Cristiano Ronaldo. Rodrygo, que tem marcado gols em sequência, foi outro que se destacou. Ele tem assumido um papel de ainda mais protagonismo com a ausência de Vinícius Júnior. Marcou um golaço no primeiro tempo, empatando o jogo. Destaque também para o uso da base: Nico Paz, argentino da base merengue, entrou e fez o seu também. Marcar o seu primeiro gol pelo Real Madrid em um jogo de Champions é sempre especial.

Muitos desfalques no time merengue

O técnico Carlo Ancelotti tinha muitos desfalques. Além de Thibaut Courtois e Kepa Arrizabalaga, Éder Militão, Vinícius Júnior, Aurélien Tchouaméni, Eduardo Camavinga, Arda Güler e Luka Modric desfalcaram o time com lesões.

Com tantos problemas, a escalação do time teve Andriy Lunin no gol, como tem acontecido, Dani Ceballos como titular no meio-campo, com Toni Kroos ao seu lado, e Federico Valverde com um pouco mais de liberdade. Jude Bellingham, Brahim Díaz e Rodrygo completaram a equipe.

No Napoli, Walter Mazzarri tinha menos problemas, com as lesões de Jesper Lindstrom, Mário Rui e Mathías Oliveira. Os brasileiros Natan e Juan Jesus foram titulares, sendo este segundo como lateral esquerdo. A principal ausência no Napoli foi do centroavante Victor Osinhem, que ficou no banco. Quem atuou em seu lugar foi o argentino Giovanni Simeone.

Rodrygo e Bellingham comandam virada

Rodrygo: golaço e mais uma boa atuação no Real Madrid (Icon Sport)

O Napoli conseguiu abrir o placar logo aos nove minutos. Khvicha Kvaratskhelia abriu na direita para Giovanni Di Lorenzo, que tocou de primeira para o meio onde Giovanni Simeone bateu de primeira. O goleiro Lunin ainda defendeu, mas a bola estava dentro do gol e a tecnologia na linha do gol apontou imediatamente que a bola entro: 1 a 0.

Só que a vantagem do Napoli durou muito pouco. No ataque seguinte ao gol, aos 10 minutos, Brahim Díaz tocou para Rodrygo, que puxou da esquerda para o meio e soltou um tiro no ângulo: golaço e 1 a 1.

Os merengues aceleraram um pouco o jogo e, aos 21 minutos, veio a virada. David Alaba avançou pelo meio e fez um cruzamento preciso para a área, nas costas de Natan, e Jude Bellingham apareceu livre para tocar de cabeça e virar o jogo: 2 a 1.

Depois do gol, o Real Madrid diminuiu o ritmo e passou a tentar controlar a energia do jogo, ainda mais considerando que são tantos desfalques e que o time sentiu tanto nos últimos jogos o excesso de minutos.

Com dificuldade no começo, Real Madrid embala no final

O início da segunda etapa teve o Napoli reagindo na partida. Já no intervalo o técnico Walter Mazzarri sacou Giovanni Simeone e colocou em campo Victor Osimhen. Só que foi com outros jogadores que o time chegou ao empate logo no primeiro lance.

Assim como no primeiro gol, a jogada do segundo gol dos italianos passou pelo lateral Giovanni Di Lorenzo. Foi ele que tocou para Frank Anguissa, que tentou o cruzamento, a bola voltou para ele e o camaronês deu uma sapatada na bola para empatar o jogo em 2 a 2. Isso antes dos dois minutos do segundo tempo.

Aos 12 minutos, o Real Madrid mudou o time. Ceballos deu lugar a Joselu, mudando um pouco a forma do time jogar. Um pouco depois, entrou também Nico Paz, jogador da base, que substituiu Brahim Díaz.

Osinhem, por pouco, não conseguiu desempatar o jogo. O atacante recebeu uma bola pelo meio, com liberdade, e finalizou rasteiro para colocar no fundo da rede. Só que ele estava em posição de impedimento e o gol foi corretamente anulado.

Joselu teve a chance de ser o herói do jogo aos 33 minutos, mas pegou mal na bola quando tentou finalizar. Ele lamentou pela finalização ruim e foi mais uma chance desperdiçada pelo centroavante. Mas outro jogador que veio do banco conseguiu fazer diferença.

Nico Paz, meio-campista argentino de 19 anos, recebeu de costas, fez o giro com a perna esquerda, puxou para o meio e chutou para o gol. O goleiro Alex Meret falhou e a bola entrou: 3 a 2 para os merengues. Foi o primeiro gol de Nico Paz com a camisa do Real Madrid. Ele que é camisa 10 do time Castilla.

Depois de perder mais um gol em uma jogada pela direita, o gol veio: aos 48 minutos do segundo tempo, em contra-ataque, Bellingham recebeu dentro da área, cruzou para a segunda trave e Joselu chegou bem para marcar 4 a 2.

Foto de Felipe Lobo

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!). Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009, onde ficou até 2023.
Botão Voltar ao topo