Champions League

Real Madrid faz pedido totalmente inusitado à Uefa

Antes da decisão contra o Manchester City na Champions League, o Real Madrid fez uma solicitação curiosa à Uefa

Nesta terça-feira (9), às 16h (horário de Brasília), o Real Madrid enfrenta o Manchester City, no Santiago Bernabéu, pelo jogo de ida das quartas de final da Champions League. Antes da bola rolar na “final antecipada” do torneio, os Merengues fizeram um pedido totalmente inusitado à Uefa, cuja decisão final será comunicada momentos antes da bola rolar.

Isso porque o Real Madrid entrou em contato com a entidade europeia para solicitar o fechamento do teto retrátil do Bernabéu para a decisão contra os Citizens. A ideia dos Blancos é transformar o estádio em um verdadeiro caldeirão, criando uma acústica que possa “assustar” a equipe de Pep Guardiola. Vale lembrar que a partida das quartas de final da Liga dos Campeões deve ter 80 mil torcedores nas arquibancadas.

Com isso, a Uefa só deu uma resposta durante a reunião técnica pré-jogo, o que é uma ação de praxe. A entidade, ao lado do árbitro François Letexier aprovou o pedido dos Blancos, mas sob a condição que a partida entre Real Madrid x Manchester City termine da mesma maneira que começou, a menos que o mau tempo obrigue o telhado do Santiago Bernabéu a ser aberto.

Nas oitavas de final da Champions, os Merengues enfrentaram o RB Leipzig com a cobertura de seu estádio fechada. E essa escolha não se restringe à competição da Uefa, já que o Real Madrid tem optado por não deixar seu teto retrátil aberto nos jogos de La Liga desta temporada. Acredite ou não, isso pode fazer a diferença contra o Manchester City.

O Real Madrid tem um motivo para isso

Por mais curioso que pareça, o Real Madrid tem um motivo para isso. Essa é a terceira vez consecutiva que o Manchester City entra no caminho rumo ao título da Champions League. Em 2021/22, os Merengues perderam para os Citizens por 4 a 3, no Etihad Stadium, pela ida da semifinal. Na volta, não faltou emoção no Bernabéu, já que Rodrygo saiu do banco de reservas para levar a decisão para a prorrogação.

O atacante brasileiro fez dois gols nos minutos finais, virando o jogo para o Real Madrid com o placar de 2 a 1. Benzema selou a eliminação do Manchester City ao marcar o terceiro. Naquela temporada, os Merengues terminaram com o título da Liga dos Campeões. Entretanto, o último encontro com os Citizens no torneio não traz boas recordações.

Na semifinal da última temporada, a ida foi no Santiago Bernabéu, e o Real Madrid ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Manchester City. A volta, no Etihad, os Citizens se vingaram com estilo, aplicando um sonoro 4 a 0, dominando completamente a partida. Na final, Guardiola acabou com o título inédito para os ingleses. Por isso, uma atmosfera potente pode fazer toda a diferença para os Blancos em 2023/24.

Durante as reformas de seu estádio, o Real Madrid adicionou o teto retrátil, além de aumentar a capacidade do público para 85 mil pessoas. A nova cobertura do Bernabéu é uma das principais atrações dos Merengues, que querem aproveitar ao máximo todas as armas que têm a sua disposição. Resta saber se isso fará a diferença contra o Manchester City nas quartas de final da Champions League.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo