Champions League

Playoffs da Champions: Golaço de Pedrinho pelo Shakhtar, Salzburg vira em casa e Sheriff atropela

Shakhtar de Pedrinho vence o Monaco fora de casa; Red Bull Salzburg vira contra contra o Brondby; Sheriff põe a mão na vaga com vitória fácil contra o Dinamo de Zagreb

A última preliminar antes da fase de grupos da Champions League começou nesta terça-feira e já teve resultados expressivos. Os playoffs, como é chamada esta fase, tiveram uma vitória fora de casa com golaço brasileiro do Shakhtar sobre o Monaco por 1 a 0, virada do Red Bull Salzburg sobre o Brondby em vitória por 2 a 1 na Áustria, e uma sapecada do Sheriff Tiraspol sobre o Dinamo Zagreb por 3 a 0 em casa.

LEIA TAMBÉM:
Uefa confirma sedes das próximas quatro finais da Champions e dará outra chance a Istambul em 2023
Uefa põe fim aos gols fora de casa como critério de desempate a partir da temporada 2021/22
Ceferin, presidente da Uefa, sobre o presidente da Juventus: “Agnelli não existe mais para mim”

No principado, o Monaco tentava chegar à fase de grupos e teve pela frente um Shakhtar Donetsk que mostrou a que veio. No primeiro tempo, os ucranianos dominaram a partida no Estádio Louis II. O Monaco, mesmo jogando em casa, viu os visitantes chegarem com mais perigo e mais vezes. Foi assim que, aos 19 minutos, Pedrinho recebeu pelo lado esquerdo e saiu costurando toda a defesa do Monaco, ficou de frente para o goleiro e, de pé direito, mandou para a rede para marcar o gol da vitória por 1 a 0.

O time monegasco tentou reagir, mas pareceu incapaz de pressionar o adversário. O time comandado por Niko Kovac tinha um meio-campo com bons nomes, mas não conseguiu colocar os atacantes Kevin Volland e Wissam Ben Yedder. Mesmo finalizando mais a gol que o adversário, o time não criou tantas chances. Acaba derrotado e terá que buscar a vitória em território ucraniano para não ser eliminado.

Red Bull Salzburg vira sobre o Brondby com gol no final

Brenden Aaronson (à direita) comemora o gol da vitória do Red Bull Salzburg (Imago / OneFootball)

A vida da Red Bull Salzburg não é das mais fáceis quando o assunto é Champions League. Nas duas últimas temporadas, o clube conseguiu chegar à fase de grupos, mas foram muitos anos caindo nas preliminares: sete anos seguidos, de 2012/13 a 2018/19. O duelo desta terça-feira contra o Brondby começou mal: os dinamarqueses fizeram um 1 a 0 no primeiro tempo, logo a quatro minutos. Foi o placar do primeiro tempo.

Certamente a torcida na Red Bull Arena estava temendo mais uma daquelas noites em que dá tudo errado, mesmo com um time tão bom quanto é o Salzburg. Até porque os austríacos dominavam a partida, atacavam mais, chegavam ao ataque, mas nada de gol. No segundo tempo, isso mudou.

Logo a 11 minutos, Karim Adeyemi aproveitou uma bola que sobrou dentro da área para finalizar bem e marcar o gol de empate. Daí em diante, a pressão foi grande. Com 73% de pose de bola e com 22 finalizações só no segundo tempo, os taurinos partiram para cima em busca da vitória. O Brondby, porém, se defendia. As chances apareceram, mas o time da casa não conseguia marcar.

O empate já tinha se tornado um bom resultado aos dinamarqueses. Aos 44 minutos, porém, veio o gol salvador. O zagueiro Oumar Solet, aproveitando uma bola no ataque, deu um bom passe para Brenden Aaronson, dentro da área, marcar com um chute colocado: 2 a 1 no placar e vitória do time do energético. Agora, leva a vantagem de ao menos poder empatar fora de casa.

Sheriff continua grande campanha na Champions

Adama Traoré comemora o gol do Sheriff (Imago / OneFootball)

O Sheriff Tiraspol conseguiu uma vitória maiúscula diante do Dinamo Zagreb em um 3 a 0 em casa. O time da Moldávia vem em uma campanha que chama a atenção até aqui. Na terceira fase preliminar, eliminou o Estrela Vermelha, clube que tem um título de Champions no currículo e que esteve na fase de grupos na última temporada. Agora, passou o carro sobre o Dinamo Zagreb, que também esteve na fase de grupos passada.

O primeiro gol veio no final do primeiro tempo. Adama Traoré (que não é aquele do Wolverhampton e da seleção espanhola, este é de Mali) marcou 1 a 0. No começo do segundo tempo, aos nove minutos, Dimitrios Kolovos marcou 2 a 0, abrindo uma boa vantagem. Aos 35 minutos, Adama Traoré completou o placar em 3 a 0. O time da Moldávia vai para o jogo de volta na Croácia podendo perder por até dois gols de diferença.

Os jogos de volta serão na próxima terça-feira, dia 24 de agosto, com transmissão no Brasil na TNT, SBT e da HBO Max. Fique sempre ligado na Programação de TV da Trivela.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo