Champions LeagueInglaterra

Guardiola comemora precisão do City no ataque e diz: “Podemos fazer melhor”

Vencer um jogo fora de casa por 5 a 0 é um cenário dos sonhos, ainda mais para uma partida de mata-mata. O técnico Pep Guardiola considerou que a partida do seu time, o Manchester City, contra o Sporting, em Lisboa, foi de uma precisão incrível e, claro, elogiou o time por isso. Mas ele ainda acha que a sua equipe pode melhorar. Sim, isso mesmo: depois de golear fora de casa e se impor de forma avassaladora, o técnico acha que o time pode melhorar.

VEJA TAMBÉM: Expresso Trivela #29: Mbappé brilhante decide para o PSG

“Hoje como muito precisos. Toda vez que chegamos ao ataque nos primeiros 20 minutos, marcamos”, afirmou o treinador à BT Sport depois da partida. “Vimos os primeiros cinco, seis ou sete minutos o quão perigosos eles foram. A diferença entre os times não é de 5 a 0. Mas no ataque, fomos muito precisos. Eles atacam com muitos jogadores e os punidos com contra-ataques”.

“Os jogadores me conhecem. Eles sabem que podemos fazer melhor. Houve momentos que alguns jogadores que ainda não leem bem o que temos que fazer em relação à construção da jogada. Podemos fazer melhor”, afirmou o treinador. “É apenas um jogo e é um resultado fantástico. Precisamos de mais um jogo para estarmos nas quartas de final. Iremos focar agora na Premier League”.

Evidentemente todo time pode melhorar em algum aspecto, mesmo que tenha vencido e goleado. Chama a atenção como Guardiola tenta ressaltar isso, quase como uma forma de humildade em dizer que o time foi preciso, mas poderia ter um desempenho ainda melhor. Quem trabalha com ele sabe que o nível de cobrança e exigência do técnico é grande, mas soou mais como uma tentativa de minimizar o feito do que de engrandecê-lo.

Os dois times voltam a se enfrentar no dia 9 de março, em Manchester.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo