Europa

Avassaladoras nas semifinais, Inglaterra e Espanha prometem uma grande decisão na Euro Sub-21

Apesar das sensações causadas por Israel e Ucrânia, Inglaterra e Espanha deram mostras claras de força nas semifinais

O Campeonato Europeu Sub-21 teve grandes surpresas em diferentes fases, mas a decisão reunirá duas camisas pesadas. Espanha e Inglaterra disputarão o troféu no próximo final de semana, após duas vitórias contundentes nas semifinais, contra as sensações do torneio. Os Three Lions asseguraram primeiro sua passagem à decisão. Não deram chances a Israel, com os 3 a 0 anotados em Batumi. Já a Roja não quis nem saber se a Ucrânia vinha embalada após despachar a França. Os espanhóis aplicaram uma goleada por 5 a 1 em Bucareste. A finalíssima acontecerá no sábado, a partir das 13h, com transmissão da Uefa TV.

Inglaterra contundente contra Israel

Israel atravessa um 2023 maravilhoso nas categorias de base, com semifinais no Mundial Sub-20 e no Europeu Sub-21. Porém, a equipe não conseguiu bater de frente com uma forte Inglaterra, treinada por Lee Carsley. Os Three Lions ainda não sofreram um gol sequer no torneio e ainda apresentam um estilo de qualidade no trato com a bola. Faz a diferença o elenco recheado de jogadores com experiência na Premier League – Morgan Gibbs-White, Anthony Gordon, Emile Smith Rowe, Cole Palmer, Curtis Jones e Levi Colwill estiveram entre os titulares nesta quarta-feira.

A Inglaterra já dominou o primeiro tempo, em que a vitória por um gol de vantagem ficou barata. Os Three Lions dominaram a posse de bola e criaram bem mais chances claras. Smith Rowe teve bola salva quase em cima da linha e acertou a trave depois, enquanto Gibbs-White perdeu um pênalti. No entanto, o próprio Gibbs White se redimiu com o primeiro gol aos 42 minutos. Cole Palmer cruzou para o companheiro definir de cabeça. Já na segunda etapa, a diferença entre os times se tornou mais concreta no placar. Palmer assinalou o segundo aos 18, a partir de uma ótima troca de passes. Com mais uma assistência na medida de Palmer, Cameron Archer fechou o placar aos 45.

A Ucrânia tentou, mas a Espanha amassou

Na outra semifinal, até se imaginava um equilíbrio maior, entre adversários que empataram por 2 a 2 na fase de grupos. A Ucrânia possui diversos jogadores com experiência na seleção principal e nas competições europeias. Não à toa, inspirada por Mykhaylo Mudryk e Artem Bondarenko, eliminou a França nas quartas de final. Entretanto, a Espanha cresce no torneio e também apresenta qualidade sob as ordens de Santi Denia, substituto de Luis de la Fuente no Sub-21. É um time com vários nomes interessantes, sobretudo de times do meio da tabela de La Liga. Figuras como Juan Miranda, Victor Gómez, Antonio Blanco e Alex Baena dão sustentação, enquanto na frente brilha o quarteto formado por Rodri Sánchez, Oihan Sancet, Sergio Gómez e Abel Ruiz. Amassaram os ucranianos.

Curiosamente, a Ucrânia abriu o placar aos 13 minutos, com Bondarenko. Foi um contra-ataque muito bem servido por Mudryk. A resposta da Espanha não tardou. Abel Ruiz empatou aos 17, driblando até o goleiro, e a virada saiu com Oihan Sancet, aos 24, num chute rasteiro de fora da área. Pouco antes do intervalo, o goleiro Arnau Tenas também foi decisivo para evitar o novo empate ucraniano, com uma defesa dupla. Já no segundo tempo, show da Roja. Antonio Blanco deixou o seu aos nove, punindo um erro dos oponentes na defesa. Aimar Oroz delineou a goleada aos 23, com um tiro colocado no canto. Já o golpe de misericórdia veio com Sergio Gómez, aos 33, graças a um tapa perfeito na gaveta após a inteligente inversão de Abel Ruiz. Como se não bastasse, a Fúria ainda carimbou a trave duas vezes, com Juan Miranda e Ander Barrenetxea.

Espanha busca o hexa, Inglaterra o tri

A Espanha tentará se isolar como maior vencedora do Campeonato Europeu Sub-21. A Roja possui cinco títulos, atualmente empatada com a Itália. O domínio recente dos espanhóis é claro, com troféus faturados em 2011, 2013 e 2019. Já a Inglaterra tenta seu terceiro caneco. Possui os títulos restritos às campanhas em 1982 e 1984. Mais recentemente, os Three Lions terminaram com o vice diante de uma forte Alemanha em 2009.

Vale lembrar que o Campeonato Europeu Sub-21 também garantiu vagas nas Olimpíadas de 2024. Espanha, Israel e Ucrânia disputarão o torneio, ao lado da França, classificada como país-sede. A Inglaterra não disputa a competição por não representar a Grã-Bretanha como um todo.

Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo